Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Última foto divulgada de Maradona antes de morrer gera polémica

Médico mostrou ‘El Pibe’ no hospital, com um penso na cabeça, e acabou duramente criticado.
Correio da Manhã 26 de Novembro de 2020 às 09:42
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais

Diego Armando Maradona morreu esta quarta-feira, aos 60 anos, deixando o mundo de luto e a história do futebol irremediavelmente mais pobre. ‘El Pibe’, que a par dos sucessos e génio inigualáveis em campo, viveu uma vida polémica. Até aos últimos momentos. A última foto do craque argentino, divulgada nas redes sociais, gerou uma forte onda de críticas, por mostrar Maradona num momento mais frágil.

A fotografia, publicada nas redes sociais no dia 11 de novembro, mostra Diego Maradona de bata hospitalar, deitado numa cama, com um grande penso na cabeça, na zona onde foi operado a um hematoma subdural. Ao lado está Leopoldo Luque, médico pessoal do craque.

A imagem foi inicialmente divulgada pelo médico do futebolista, Leopoldo Luque, e valeu-lhe duras críticas. A família do detentor da ‘Mão de Deus’ havia pedido expressamente que não fossem captadas ou divulgadas imagens de Maradona em estado de saúde frágil e, por isso, os internautas não perdoaram o desrespeito ao desejo dos familiares do argentino.

"Nunca tive intenção de gerar qualquer conflito. Peço desculpas a todos os qu se sentiram ofendidos. Apenas pensei que seria uma imagem para apagar a última de Diego", justificou o médico ao AS, referindo que a imagem mostra a recuperação de Maradona, enquanto a última divulgada publicamente mostrava-o antes da recuperação, abatido e com dificuldades em mover-se.

A fotografia viria também a ser divulgada pelo jornalista Federico Bueno, no mesmo dia. "A fotografia foi combinada com o Diego. Quero esclarecer que não foi minha decisão. Não foi algo que decidi sozinho [a divulgação da foto]. Obviamente nunca medi a magnitude que teria", termina o médico do craque sobre a polémica gerada, após se conhecer a notícia da morte de Maradona, vítima de um ataque cardíaco, segundo a autópsia preliminar.

Ver comentários