Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

"Vamos cumprir com toda a gente": Vieira garante que vai manter compromissos do Benfica

“Vamos atravessar dificuldades, mas isso não nos inibe de querer ganhar”, afirma o presidente do clube das águias.
João Moniz 8 de Maio de 2020 às 08:37
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira ao lado de Bruno Lage, Rui Costa e Tiago Pinto
Luís Filipe Vieira falou ao plantel no balneário do Benfica
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira ao lado de Bruno Lage, Rui Costa e Tiago Pinto
Luís Filipe Vieira falou ao plantel no balneário do Benfica
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira ao lado de Bruno Lage, Rui Costa e Tiago Pinto
Luís Filipe Vieira falou ao plantel no balneário do Benfica
"Irei fazer tudo, nem que seja de dia e noite, para o Benfica continuar a cumprir com toda a gente, seja dentro ou fora de casa", prometeu esta quinta-feira Luís Filipe Vieira numa mensagem aos sócios, a propósito da crise que o futebol atravessa devido à Covid-19. A garantia do presidente do Benfica pode ser vista como uma indireta ao Sporting, que suspendeu o pagamento ao Sp. Braga de 5 milhões de euros da 1ª tranche da transferência de Rúben Amorim e cortou em 40% os salários dos jogadores - este último reparo também atinge o FC Porto, que adotou igual procedimento. Nos dois casos, os rivais das águias justificaram-se com a pandemia.

Luís Filipe Vieira esteve esta quinta-feira no balneário, ao lado do treinador Bruno Lage, do administrador Rui Costa e do diretor-geral para o futebol Tiago Pinto, para dar uma palavra de motivação aos jogadores no regresso aos treinos e para lhes "agradecer toda a postura que tiveram ao longo de mês e meio" em que estiveram em confinamento.

"A mensagem é de otimismo, independentemente das dificuldades que enfrentaremos", afirmou o líder dos encarnados, numa declaração transmitida pela BTV após o encontro com os futebolistas. "Os benfiquistas têm de entender que vamos atravessar dificuldades, mas isso não nos inibe de querer ganhar e ganhar", assegurou Luís Filipe Vieira, numa referência aos dez jogos por disputar na Liga, em que as águias estão no 2º lugar, a um ponto do líder FC Porto, e à final da Taça de Portugal, também com os dragões como adversário: "Todos os que estão cá a trabalhar, o próprio plantel, tudo faremos para ganhar", referiu, deixando um apelo: "É altura de voltarmos a estar todos unidos."

Ainda sobre a pandemia e os desafios que coloca, o presidente encarnado avançou uma certeza: "Há um campeonato que o Benfica não pode perder: o da credibilidade. O Benfica, em todas as situações, terá de assumir os seus compromissos. O Benfica não pode voltar ao passado, e esse é trabalho mais difícil que temos pela frente. Mas de certeza absoluta – já nos conhecem, e já me conhecem – que não vou dar tréguas nessa situação."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)