Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Vinícius ia desistir do futebol e foi descoberto por acaso

Vendeu castanha-de-caju na rua, cortou capim e limpou casas de banho. Tudo mudou quando um dirigente do Real Massamá o viu numa divisão secundária do Brasil.
SÁBADO 17 de Janeiro de 2020 às 17:13
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Carlos Vinícius
Sempre que olhava para o seu filho Davi, então com pouco mais de dois anos, Carlos Vinícius ponderava abandonar a carreira de
futebolista. Aos 22 anos, era suplente do modesto Grêmio Anápolis, da 2.ª divisão goiana, e dependia financeiramente dos sogros: "Quando o Davi era bebé, ele passou um verão a limpar as casas de banho na praia de Santos para lhe poder comprar fraldas", recorda à Sábado Joelson, seu amigo de infância.

O atual jogador do Benfica vendeu castanha-de-caju na rua, cortou capim e limpou casas de banho. Sem dinheiro para sustentar a família, Carlos Vinícius ia deixar de jogar à bola. Mas tudo mudou quando um dirigente do Real Massamá o viu numa divisão secundária do Brasil. Hoje é uma das figuras do Benfica e dia 17 vai jogar o seu primeiro dérbi contra o Sporting.

Saiba tudo na revista Sábado.
Carlos Vinícius Davi Benfica desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)