Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

A vida do "Senhor Atletismo"

Moniz Pereira morreu este domingo aos 95 anos.
31 de Julho de 2016 às 21:59
Professor e sócio n.º 2 do Sporting Clube de Portugal
Moniz Pereira morreu aos 95 anos
Francis Obikwelu e Mário Moniz Pereira
Homenagem a Mário Moniz Pereira na SPA
Homenagem a Mário Moniz Pereira de 92 anos na Sociedade Portuguesa de Autores, com o cantor e músico Tozé Brito
Os antigos atletas Carlos Lopes e Rosa Mota com o treinador Mário Moniz Pereira
Professor e sócio n.º 2 do Sporting Clube de Portugal
Moniz Pereira morreu aos 95 anos
Francis Obikwelu e Mário Moniz Pereira
Homenagem a Mário Moniz Pereira na SPA
Homenagem a Mário Moniz Pereira de 92 anos na Sociedade Portuguesa de Autores, com o cantor e músico Tozé Brito
Os antigos atletas Carlos Lopes e Rosa Mota com o treinador Mário Moniz Pereira
Professor e sócio n.º 2 do Sporting Clube de Portugal
Moniz Pereira morreu aos 95 anos
Francis Obikwelu e Mário Moniz Pereira
Homenagem a Mário Moniz Pereira na SPA
Homenagem a Mário Moniz Pereira de 92 anos na Sociedade Portuguesa de Autores, com o cantor e músico Tozé Brito
Os antigos atletas Carlos Lopes e Rosa Mota com o treinador Mário Moniz Pereira

Professor, desportista, atleta, treinador e autor de canções. Mário Alberto Freire Moniz Pereira deu cartas em várias áreas mas foi no atletismo e no voleibol que mais se distinguiu. Praticou andebol, basquetebol, futebol, hóquei em patins, ténis de mesa, voleibol e atletismo.

Moniz Pereira, conhecido por o "Senhor Atletismo", nasceu a 11 de Fevereiro de 1921 em Lisboa e morreu este domingo aos 95 anos.

Moniz Pereira treinou vários atletas medalhados como Carlos Lopes, Fernando Mamede, Domingos Castro e Dionósio Castro. Mas ele próprio também ganhou as suas medalhas e o seu lugar no pódio. Foi campeão universitário de Portugal de triplo salto e recordista nacional, campeão regional e nacional de salto em altura, triplo e salto em comprimento, em veteranos, e recordista ibérico de salto em comprimento na mesma categoria.

Ganhou medalha de bronze na prova de salto em comprimento e triplo salto no Campeonato Mundial de Veteranos em 1977 e também no triplo salto do Campeonato Europeu de 1982.

Foi Selecionador Nacional de Voleibol, Presidente da Comissão Central de Árbitros e Preparador Físico da equipa de Futebol do Sporting, em 1970/71. A equipa, então liderada por Fernando Vaz, sagrou-se Campeã Nacional no primeiro ano e venceu a Taça de Portugal no segundo. 

Moniz Pereira era licenciado em Educação física e durante o tempo em que cumpriu o serviço militar obrigatório praticou equitação, tiro, esgrima e natação. Deu aulas nos Pupilos do Exército e no Instituto Nacional de Educação Física de Lisboa.

Foi diretor do Estádio Nacional e diretor técnico da Federação Portuguesa de Atletismo. Recebeu o Emblema de Ouro da Associação Europeia de Atletismo em 2001.

Escreveu livros e músicas que chegaram a ser interpretadas por Amália Rodrigues. Em 2013, Moniz Pereira recebeu um Globo de Ouro na categoria de Mérito e Excelência.

moniz pereira atletismo desporto morte treinador atleta voleibol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)