Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Benfica evita festa do FC Porto como campeão nacional de hóquei em patins

Águias batem dragões no Pavilhão da Luz (5-3) e levam a decisão do campeão nacional para a Invicta, na quarta-feira.
Filipe António Ferreira 26 de Junho de 2022 às 09:02
Gonçalo Pinto em lance  de ataque da equipa do Benfica, no jogo de ontem com o FC Porto
Gonçalo Pinto em lance de ataque da equipa do Benfica, no jogo de ontem com o FC Porto FOTO: TIAGO PETINGA/LUSA
Emoção ao rubro na final do campeonato de hóquei em patins. O Benfica venceu o FC Porto (5-3) na Luz e evitou a festa portista, levando a decisão do campeão nacional para o Dragão Arena, na próxima quarta-feira. A série final está empatada (2-2)

A equipa portista começou melhor e colocou-se em vantagem por Gonçalo Alves. Contudo, Nicolía, perto do intervalo, viria a empatar para o Benfica.

No recomeço, o FC Porto voltou a entrar melhor com Gonçalo Alves a bisar. Álvarez e Diogo Rafael deram a volta ao marcador para o Benfica a pouco mais de 16’ do fim. Em vantagem numérica, após o cartão azul ao portista Xavi Malián, Pablo Álvarez fez o 4-2. Xavi Barroso ainda reduziu para o FC Porto, mas quase a seguir Manrubia voltou a colocar a vantagem encarnada nos dois golos.

“Estas duas equipas estão num nível altíssimo e acabam por merecer este jogo final”, disse Nuno Resende, treinador do Benfica. O FC Porto, através do técnico Ricardo Ares, deixou críticas à arbitragem: “O Benfica ter apenas duas faltas em 30 minutos. É difícil de entender.”

Quarta-feira, às 20h00, no Dragão Arena, a ‘negra’ decide quem sucede ao Sporting. Espera-se um ambiente escaldante alimentado já por declarações nas redes sociais de Fernando Saul oficial de ligação dos adeptos portistas: “Depois deste assalto, cá vos esperamos para que seja feita justiça e a melhor equipa seja campeão”.

rui costa acalma ânimos ao intervalo
No intervalo houve um momento tenso, com os adeptos a insurgirem-se contra Luís Sénica, presidente da Federação de Patinagem, que acabou por ter de abandonar o pavilhão, depois de Rui Costa, líder das águias, ter serenado os ânimos.
Ver comentários
}