Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Kern Pharma afasta dois ciclistas da Volta a Portugal após caso de Covid-19

Os restantes elementos da equipa fizeram dois testes e não estarão infetados.
Lusa 8 de Agosto de 2021 às 16:41
Volta a Portugal
Volta a Portugal FOTO: Lusa
Um ciclista da Kern Pharma está infetado com o novo coronavírus e outro foi afastado da Volta a Portugal por precaução, confirmou à Lusa o diretor desportivo da equipa espanhola, antes do início da quarta etapa.

"Um dos rapazes levantou-se com dores de garganta e fizemos-lhe um teste antigénio que deu positivo. Por precaução, isolámos também o seu companheiro de quarto e os dois tiveram de retirar-se da corrida", explicou Pablo Urtasun, indicando que os dois ciclistas em causa são Sergio Araiz e Ibon Ruiz.

O diretor desportivo da Kern Pharma revelou que os restantes elementos da equipa fizeram dois testes, "um internamente e outro por parte da organização", e que todos estavam negativos.

"Vamos continuar em prova. Perder dois corredores de uma só vez é duro. E a verdade é que eles estavam a fazer tudo bem, a tomar todas as precauções, a usar máscara em todo o momento, mantendo as distâncias e sempre isolados. Mas ninguém está livre de poder apanhar covid-19", lamentou antes do arranque da quarta etapa, que liga Belmonte à Guarda, no total de 181,6 quilómetros.

Posteriormente, em comunicado, a organização da Volta esclareceu que "as equipas que estiveram no mesmo hotel [dos espanhóis] não foram testadas por não terem existido contactos de risco com a equipa Kern Pharma".

"Houve igualmente três casos suspeitos entre o 'staff' [da prova], tendo estes e o grupo de trabalho que integravam sido afastados do evento", adiantou ainda.

Na nota, a organização recorda que "a gestão sanitária" tem sido feita entre o médico coordenador, Filipe Lima Quintas, que se encontra em Tóquio, a acompanhar a comitiva de ciclismo nos Jogos Olímpicos, e a autoridade regional de saúde, "tendo sido seguidos todos os protocolos previstos".

No sábado, a Caja Rural abandonou a 82.ª Volta a Portugal depois de terem sido detetados dois casos de infeção com o novo coronavírus na equipa.

Os espanhóis explicaram que se retiraram da prova com "o objetivo de preservar a saúde da equipa e do resto do pelotão".

Kern Pharma Volta desporto ciclismo
Ver comentários