Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Mayweather bateu McGregor e quebrou recordes milionários

Combate do século foi o mais lucrativo de toda a história.
Lusa 27 de Agosto de 2017 às 14:08
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather saiu vencedor do combate
Mayweather e McGregor no ringue
McGregor
McGregor
Mayweather e McGregor no ringue
Mayweather a ser fotografado
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
McGregor depois do combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather saiu vencedor do combate
Mayweather e McGregor no ringue
McGregor
McGregor
Mayweather e McGregor no ringue
Mayweather a ser fotografado
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
McGregor depois do combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
O pugilista Mayweather foi o grande vencedor
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather e Conor McGregor no combate do século
Mayweather saiu vencedor do combate
Mayweather e McGregor no ringue
McGregor
McGregor
Mayweather e McGregor no ringue
Mayweather a ser fotografado
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
McGregor depois do combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
Mayweather e McGregor no combate
Floyd Mayweather seguiu o 'guião' e venceu sem surpresas Conor McGregor, estrela das artes marciais mistas (MMA), que levou o norte-americano a interromper a reforma para disputar o combate de boxe mais lucrativo da história.

Aos 40 anos, dois anos depois de se ter retirado, Mayweather regressou para reforçar a sua marca na história do desporto, ao atingir a 50.ª vitória em outros tantos combates, ultrapassando Rocky Marciano (49), e tornar-se o primeiro desportista a ultrapassar a barreira dos mil milhões de dólares de ganhos.

Perante 20.000 espetadores, McGregor engrandeceu o espetáculo e a vitória de Mayweather. No seu primeiro combate de boxe a este nível, o irlandês que domina os octógonos do MMA - onde vale quase tudo - não se limitou a fazer figura de corpo presente em Las Vegas e fez sofrer o americano nos primeiros quatro assaltos.

Mas o antigo canalizador de Dublin, de 29 anos, acabaria por ceder gradualmente, ao cansaço e ao boxe experiente do adversário. 'Money' tomou conta do combate e o seu ascendente foi notório a partir do sexto assalto, quando a maioria dos golpes começaram a atingir a cara de McGregor. A vitória chegou ao décimo 'round', por KO técnico, após um par de violentos ganchos de esquerda.

"O combate terminou demasiado cedo, acho eu. Eu não estava tocado, só cansado", afirmou McGregor, sem excluir a hipótese de voltar aos ringues de boxe depois de uma primeira vez em que reconheceu a superioridade do adversário: "Tive a minha hipótese, mas ele tem uma experiência tal que soube reagir e soube mudar o seu estilo. Percebo agora por que razão ganhou os seus 50 combates profissionais".

Depois das palavras menos amistosas de parte a parte ao longo da promoção do combate, Mayweather também deixou elogios ao seu adversário. "Ele esteve bem melhor do que eu pensava, lutou variando os ângulos, é um campeão, mas eu fui melhor esta noite", disse o americano, que estava claramente em vantagem nas pontuações dos três juízes quando o combate foi interrompido pelo árbitro.

"Foi o meu último combate e escolhi bem o adversário para a despedida. Aviso todos os jovens rapazes que me queiram desafiar, não vale a pena, estou na reforma", sublinhou Mayweather após um combate multimilionário que lhe deverá render, segundo estimativas, perto de 350 milhões de dólares (cerca de 293 milhões de euros - ME) - 100 milhões recebidos à cabeça e o restante resultante de receitas de pay-per-view e merchandising, entre outras.

O irlandês, vencedor de 21 dos seus 24 combates de MMA, também fez o maior encaixe da sua carreira, recebendo pelo menos 70 milhões de dólares (58 ME), mas previsões mais otimistas apontam para valores entre 100 e 150 milhões (83 a 125 ME).

Para estar na primeira fila, alguns espetadores pagaram 102 mil dólares (85 mil euros). As receitas televisivas, os contratos de patrocínio e a bilheteira - que rendeu 80 milhões de dólares, segundo Mayweather - deverão ultrapassar os 700 milhões de dólares gerados em 2015 pelo 'combate do século' entre Mayweather e Manny Pacquiao, que viria a ser uma desilusão.

Os 'bookmakers' também fizerem um grande negócio, já que nunca um combate de boxe tinha gerado tantas apostas, com algumas a atingirem o milhão de dólares (838 mil euros) para um ganho final de 200 mil (167 mil euros).
Mayweather McGregor pugilista lutador luta combate
Ver comentários