Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Norueguesa Bjorgen bate recorde de medalhas olímpicas

Esquiadora chega às 11 medalhas. Alemanha conquistou duas das cinco medalhas de ouro do dia em PyeongChang.
Lusa 10 de Fevereiro de 2018 às 16:38
Marit Bjoergen vence prata no esquiatlo e chega à 11ª medalha olímpica
Marit Bjoergen vence prata no esquiatlo e chega à 11ª medalha olímpica
Pódio do esquiatlo nos Jogos Olímpicos de Inverno 2018, com Marit Bjoergen (prata), Charlotte Kalla (ouro) e  Krista Parmakoski (bronze)
Marit Bjoergen vence prata no esquiatlo e chega à 11ª medalha olímpica
Marit Bjoergen vence prata no esquiatlo e chega à 11ª medalha olímpica
Pódio do esquiatlo nos Jogos Olímpicos de Inverno 2018, com Marit Bjoergen (prata), Charlotte Kalla (ouro) e  Krista Parmakoski (bronze)
Marit Bjoergen vence prata no esquiatlo e chega à 11ª medalha olímpica
Marit Bjoergen vence prata no esquiatlo e chega à 11ª medalha olímpica
Pódio do esquiatlo nos Jogos Olímpicos de Inverno 2018, com Marit Bjoergen (prata), Charlotte Kalla (ouro) e  Krista Parmakoski (bronze)
A norueguesa Marit Bjorgen tornou-se este sábado a mulher com mais medalhas em Jogos Olímpicos de Inverno, no primeiro dia de PyeongChang2018, no qual a Alemanha somou dois dos cinco ouros em disputa.

Na primeira final dos Jogos da Coreia do Sul, Bjorgen, de 37 anos, foi segunda no esquiatlo e somou a sua 11.ª medalha, ficando a apenas duas do compatriota Ole Einar BJörndalen, recordista global.

A sueca Charlotte Kalla conquistou a primeira medalha de ouro dos Jogos, nesta prova de esqui de fundo, em que as esquiadoras fazem 7,5 quilómetros em estilo clássico e 7,5 em estilo livre, batendo por sete segundos Bjorgen e por 10 a finlandesa Krista Parmakoski.

A anfitriã Coreia do Sul também já garantiu o seu primeiro título olímpico, por Lim Hyojun, nos 1.500 metros masculinos de patinagem de velocidade em pista curta.

O sul-coreano superiorizou-se ao holandês Sjinkie Knegt e a Semen Elistratov, que deu a primeira medalha à comitiva russa, que está a competir sob bandeira neutra, devido ao caso de doping generalizado que afastou o país dos Jogos.

A primeira medalha para a Alemanha surgiu nos 7,5km sprint de biatlo, por Laura Dahlmeier, a única a terminar o percurso sem qualquer erro nos 10 tiros.

A norueguesa Marte Olsbu e a checa Veronika Vitkova completaram o pódio.

Na última final do dia, o alemão Andreas Wellinger sagrou-se campeão olímpico de trampolim normal de saltos de esqui, à frente dos noruegueses Johann Andre Forfang e Robert Johansson.

Dominadora foi a prestação da Holanda nos 3.000 metros femininos de patinagem de velocidade, com as atletas 'laranjas' a ocuparem os três lugares do pódio, com Carlijn Achtereekte à frente de Ireen Wust e de Antoinette De Jong.
Ver comentários