Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Perda irreparável": As reações à morte do jogador de andebol Alfredo Quintana

Guarda-redes internacional português do FC Porto morreu esta sexta-feira depois de sofrer uma paragem cardiorrespiratória num treino.
Lusa 26 de Fevereiro de 2021 às 14:54
Alfredo Quintana
Alfredo Quintana
O secretário de Estado da Juventude e do Desporto apresentou esta sexta-feira as condolências pela morte do guarda-redes internacional português do FC Porto Alfredo Quintana, na rede social Twitter.

"É com sentimento de profundo pesar que tomo conhecimento do falecimento do Alfredo Quintana, um símbolo da nossa seleção nacional de andebol. À sua família, ao FC Porto e à Federação de Andebol de Portugal (FAP), aos seus amigos e admiradores, envio as minhas condolências por esta perda irreparável", escreveu João Paulo Rebelo.

Presidente da República considera que desporto fica mais pobre

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou a morte do guarda-redes internacional português do FC Porto Alfredo Quintana, considerando que o desporto fica mais pobre.

"O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa lamenta a morte do guarda-redes da seleção nacional de andebol Alfredo Quintana", lê-se mensagem divulgada no sítio oficial da Presidência na Internet.

Federação Europeia mostra-se "profundamente entristecida"

A Federação Europeia de Andebol (EHF) mostrou-se "profundamente entristecida" pela morte do guarda-redes do FC Porto e da seleção portuguesa Alfredo Quintana, enviando "sinceras condolências neste momento triste".

"Profundamente entristecida, a EHF une-se ao luto pela morte de Alfredo Quintana e envia sinceras condolências à família, amigos e companheiros de equipa, bem como ao FC Porto e à Federação de Andebol de Portugal. Descansa em paz, Alfredo", lê-se numa publicação divulgada pelo organismo regulador do andebol europeu nas redes sociais.

Federação Internacional lamenta "guerreiro que partiu muito cedo"

A Federação Internacional de Andebol (IHF) manifestou "profundas condolências" pela morte do guarda-redes do FC Porto e da seleção portuguesa Alfredo Quintana, considerado um "guerreiro que partiu muito cedo".

"As nossas mais profundas condolências e pensamentos vão para a família, amigos e colegas de equipa neste momento extremamente difícil", lê-se numa publicação divulgada pela IHF nas redes sociais, acompanhada por um vídeo com uma das 34 defesas efetuadas pelo guarda-redes no Mundial 2021, ocorrido no Egito, de 13 a 31 de janeiro.

Liga e Federação de Futebol homenageiam guarda-redes 

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) homenagearam o guarda-redes internacional português Alfredo Quintana.

O presidente da Liga, Pedro Proença, escreveu na rede social Twitter que "o gigante Alfredo Quintana deixou o desporto e o mundo mais pobres", enviando condolências a família, amigos e colegas no FC Porto e seleção nacional.

"A perda é irreparável", acrescentou.

Também no Twitter, a conta oficial da FPF escreveu: "Até sempre, Alfredo Quintana".

Alfredo Quintana Twitter FC Porto Alfredo Quintana Quintana desporto questões sociais futebol
Ver comentários