Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Piloto alemã Sophia Floersch regressa a casa após acidente em Macau

Jovem de 18 anos foi protagonista de um despiste impressionante que a fez voar contra uma estrutura do circuito.
Lusa 26 de Novembro de 2018 às 12:00
A piloto alemã Sophia Floersh
Sophia Floersh no GP de Macau
A piloto alemã Sophia Floersh no seu carro após o acidente em Macau
Grande Prémio de Macau de Fórmula, Hotel Lisboa, Sophia Florsh
A piloto alemã Sophia Floersh
Sophia Floersh no GP de Macau
A piloto alemã Sophia Floersh no seu carro após o acidente em Macau
Grande Prémio de Macau de Fórmula, Hotel Lisboa, Sophia Florsh
A piloto alemã Sophia Floersh
Sophia Floersh no GP de Macau
A piloto alemã Sophia Floersh no seu carro após o acidente em Macau
Grande Prémio de Macau de Fórmula, Hotel Lisboa, Sophia Florsh
A piloto alemã Sophia Floersch, de 17 anos, vai regressar esta segunda-feira a casa, anunciou a própria numa mensagem publicada na rede social Facebook, após o acidente ocorrido no GP Macau de Fórmula 3 em automobilismo.



Sophia Floersch agradeceu o apoio dado pelos médicos e enfermeiros, pela organização do GP de Macau, e ainda o apoio dos fãs, mostrando-se também "muito feliz por voltar a ver os seus familiares e amigos".



A piloto alemã esteve envolvida num acidente no GP Macau de Fórmula 3 em automobilismo, no dia 18 de novembro, tendo sido submetida com sucesso a uma operação às costas, na sua estreia de no Grande Prémio de Macau.

"Tenho a certeza de que vou voltar aqui o correr no próximo ano", prometeu a jovem piloto de apenas 17 anos, que se deslocou para o local da conferência pelo seu próprio pé necessitando apenas de um colar cervical.

Sophia Flörsch que fazia a sua estreia no Grande Prémio de Macau, despistou-se na terceira das 15 voltas da prova e embateu no carro do japonês Sho Tsuboi, ultrapassando os 'rails' de proteção na abordagem à curva do Hotel Lisboa.

Durante a mesma conferência de imprensa, o chefe de serviço de ortopedia, Lau Wai Lit informou que Sophia Flörsch "teve uma boa recuperação e já pode andar por si própria, mas a coluna precisa de tempo para recuperar e isso ainda vai demorar alguns meses", mas que "não vai afetar a forma de andar no futuro".

"Vai estar recuperada daqui a seis meses (...) provavelmente daqui a um ano já pode voltar a correr", avançou.

Além de Sophia Flörsch encontram-se ainda mais duas pessoas hospitalizadas: um piloto de motos britânico que vai ter alta hoje e regressa ao país e "ainda há um fotografo internado e muito em breve vai ter alta", disseram os médicos. A piloto completou 18 anos enquanto convalescia do acidente que aconteceu no circuito citadino do antigo território português.
Ver comentários