Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Título mundial de Fórmula 1 para Verstappen

Hamilton saiu na frente e liderou quase até ao fim, mas intervenção do ‘safety car’ colocou os rivais juntos na última volta.
Mário Pereira 13 de Dezembro de 2021 às 08:49
Max Verstappen festejou o primeiro título mundial aos 24 anos
Max Verstappen festejou o primeiro título mundial aos 24 anos FOTO: EPA/KAMRAN JEBREILI
Tudo se decidiu na última volta da última corrida da temporada (GP Abu Dhabi), com os dois pretendentes ao título empatados em número de pontos. Um clímax perfeito. E aí chegados, o neerlandês Max Verstappen (Red Bull) ultrapassou Lewis Hamilton (Mercedes) e sagrou-se campeão mundial de pilotos de Fórmula 1 pela primeira vez, aos 24 anos.

Verstappen tinha a pole position, mas Hamilton, que partiu do segundo lugar na grelha, foi mais rápido na largada e instalou-se e imediato no comando. Ambos ‘sobreviveram’ a um pequeno incidente numa das primeiras curvas, com Hamilton a manter a dianteira. E a ganhar avanço confortável, mantendo-se nessa posição durante praticamente toda a corrida. Mesmo arriscando usar até ao limite os seus pneus duros. Verstappen apostou numa segunda troca e ficou mais rápido. Contudo, a cinco voltas do final, rodava a cerca de dez segundos de Hamilton e parecia condenado a ver o inglês sagrar-se campeão pela oitava vez na carreira. Mas um novo incidente veio alterar tudo.

O carro do canadiano Nicholas Latiffi (Williams) despistou-se, ficou mal parado em linha de corrida e isso obrigou à entrada do ‘safety car’. O que permitiu a Verstappen ficar de novo mais próximo de Hamilton (mais tarde a Mercedes apresentou dois protestos, mas ambos foram recusados pela Federação Internacional). Quando a corrida foi retomada, a uma volta do fim, ambos estavam colados. E Verstappen, com pneus mais frescos e de melhor composto para forçar ritmo de corrida mais veloz e arriscado, acabou mesmo por ultrapassar o rival, que ainda tentou ripostar, mas sem efeito.


“Finalmente tive um pouco de sorte”
“Durante toda a corrida continuei a lutar. Não sei o que dizer. É insano. Este ano foi incrível. Finalmente um pouco de sorte para mim”, disse Max Verstappen após o triunfo. O neerlandês ganhou dez corridas este ano, contra oito de Hamilton.

Mercedes ganha nos construtores
Nem tudo foi mau para a Mercedes. No outro título este domingo em jogo, no GP Abu Dhabi, a equipa alemã venceu o Campeonato Mundial de Construtores, à frente da Red Bull. Este foi o oitavo título mundial consecutivo para a Mercedes.
Lewis Hamilton Red Bull Max Verstappen Abu Dhabi Mercedes desporto desportos motorizados Fórmula 1
Ver comentários