Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Viúva de Kobe Bryant herda 183 milhões

Estrela da NBA tinha participação em empresa de bebidas.
Ricardo Tavares 25 de Maio de 2020 às 08:29
Vanessa e Kobe Bryant
Vanessa e Kobe Bryant FOTO: Direitos Reservados
Vanessa Bryant é cada vez mais uma rica herdeira. A viúva da antiga estrela do basquetebol Kobe Bryant acaba de ver o seu pecúlio crescer substancialmente. São ‘apenas’ cerca de 183 milhões de euros que vão entrar para a sua conta bancária por causa de um negócio de bebidas.

Kobe Bryant, mítica figura da NBA, tinha ações numa empresa de bebidas energéticas. A glória dos LA Lakers investiu, inicialmente, cerca de 4,5 milhões de euros na companhia, uns trocos, naturalmente, se considerarmos o dinheiro que foi amealhando pelos seus contratos.

Em 2018, a participação da lenda do melhor basquetebol do mundo cresceu exponencialmente. Os cerca de 4,5 milhões de euros transformaram-se nos tais 183 milhões de euros. É só multiplicar por 40 para se perceber o quanto valorizou o investimento.

A empresa em causa, a BodyAmor, negociou em 2018 com a Coca-Cola parte das ações. A venda permitiu uma valorização significativa à marca de bebidas energéticas. E Bryant é o grande culpado, segundo o fundador da empresa. "A marca não estaria tão bem posicionada se não fosse Kobe Bryant e o que ele fez no projeto entre 2012 e 2013", afirmou Mike Repole.

Quando a transação se concluiu, a participação de Kobe Bryant – desaparecido, tal como a filha Gianna, num acidente de helicóptero, na Califórnia, em janeiro – estava a valer os tais 183 milhões de euros, mais coisa, menos coisa. O montante que a Sra. Bryant herdará chegava, pois, para pagar o que gastaram Atl. Madrid e Man. United com João Félix (120 M €) e Bruno Fernandes (55 M €), respetivamente.
Kobe Vanessa Bryant economia negócios e finanças Informação sobre empresas HERANÇA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)