Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Acusações no Finibanco

O presidente do Sindicato dos Bancários do Norte, Mário Mourão, acusou ontem a administração do Montepio de tratar os trabalhadores do antigo Finibanco "não como pessoas, mas como máquinas" no processo da sua trans-ferência do Porto para Lisboa.
30 de Setembro de 2011 às 01:00
Trabalhadores manifestaram-se junto ao Montepio
Trabalhadores manifestaram-se junto ao Montepio FOTO: Filipa Couto

"Exigimos que a administração do Montepio negoceie e dialogue e não decida unilateralmente a transferência do Porto para Lisboa dos 264 trabalhadores do antigo Finibanco, pois estes estão a ser tratados como máquinas", sublinhou Mário Mourão durante uma manifestação junto à sede da maior instituição mutualista e financeira portuguesa.

O sindicalista explicou também que os trabalhadores estão em luta porque "querem con-tinuar a trabalhar no Porto".

FINIBANCO ACUSAÇÕES TRANSFERÊNCIA FUNCIONÁRIOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)