Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Angola à frente para o BPN

A proposta apresentada pelos angolanos do Banco BIC é a mais bem colocada para a compra do Banco Português de Negócios (BPN), apurou o Correio da Manhã junto de fontes do processo.
27 de Julho de 2011 às 00:30
Francisco Bandeira, presidente do BPN, reuniu-se com a secretária de Estado do Tesouro
Francisco Bandeira, presidente do BPN, reuniu-se com a secretária de Estado do Tesouro FOTO: Manuel Vicente e José António Rodrigues - Fotomontagem

A administração do BPN, liderada por Francisco Bandeira, reuniu-se na segunda-feira com secretária de Estado do Tesouro, Maria Luís Albuquerque, para analisar as quatro propostas de compra apresentadas. Segundo apurou o CM a proposta mais alta, em termos de valor, rondou os 100 milhões de euros e a mais baixa os 30 milhões.

O Governo decidiu abrir agora uma fase de negociação com os vários interessados, que deverá estar terminada no próximo dia 1 de Agosto. Depois dessa data será escolhida a proposta vencedora e será, mais uma vez, aberto um período negocial.

O interesse angolano pelo BPN já tinha sido manifes-tado ao anterior governo, existindo mesmo conversas preliminares entre os responsáveis portugueses e os accionistas do Banco BIC Angola, entre os quais estão Isabel dos Santos (com 25 por cento do capital), filha do presidente José Eduardo dos Santos.

BANCA BPN ANGOLA BIC
Ver comentários