Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Bolsas europeias em alta esperançadas na queda de contágios em Itália e Espanha

Nos Estados Unidos, as autoridades advertiram que esta semana poderia ser a mais dura da pandemia.
Lusa 6 de Abril de 2020 às 10:20
bolsas mercados Europa euronext
bolsas mercados Europa euronext
As principais bolsas europeias estavam esta segunda-feira em alta, esperançadas numa queda do número de contagiados por covid-19 em Itália e em Espanha.

Cerca das 08h55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 2,97% para 318,25 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 2,71%, 3,49% e 4,05%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que subiam 2,48% e 3,03%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08h55, o principal índice, o PSI20, subia 0,82% para 4.005,23 pontos.

Nos Estados Unidos, atual epicentro da pandemia, as autoridades advertiram que esta semana poderia ser a mais dura da pandemia, ainda que depois esperem uma estabilização.

Na China, foco inicial da pandemia, o número de contagiados "ativos" é de 1.299, pela primeira vez abaixo dos 1.300 desde janeiro.

Esta segunda-feira os investidores também vão estar pendentes da evolução do preço do petróleo depois da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e os seus 10 aliados liderados pela Rússia terem adiado para 09 de abril a reunião de urgência prevista para esta segunda-feirapara negociar uma redução da produção de 10 milhões de barris por dia perante o colapso dos preços do petróleo.

Perante a guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assegurou no domingo que agravaria com um imposto o petróleo estrangeiro se os dois países não alcançassem um acordo.

Na sexta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a cair 1,69% para 21.052,53 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a descer 1,53% para 7.373,08 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu esta segunda-feira em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0815 dólares, contra 1,0801 dólares na sexta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em junho abriu esta segunda-feira em baixa, a cotar-se a 33,65 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 34,11 dólares na sexta-feira e o mínimo de 24,74 dólares em 01 de abril.

Ver comentários