Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Buraco de 1,4 mil milhões de euros na Parque Escolar

Programa para reabilitar escolas foi lançado em 2007 por José Sócrates.
Débora Carvalho 4 de Março de 2017 às 09:40
A antiga ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues
José Sócrates
A antiga ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues
José Sócrates
A antiga ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues
José Sócrates
O passivo total da Parque Escolar atingiu os 1,466 mil milhões de euros no final de 2015, segundo o relatório de contas publicado esta sexta-feira. O total do passivo diminuiu 56 milhões face a 2014, num decréscimo de 4%.

"A redução verificada em 2015 resulta da redução do nível de endividamento, no seguimento da amortização parcial de capital dos empréstimos do Banco Europeu de Investimento", justificam os responsáveis da Parque Escolar, criada em 2007 para executar o programa de modernização da rede pública de escolas secundárias.

Segundo o mesmo relatório, as despesas de investimento do programa de modernização caíram de 317 milhões, em 2014, para apenas 254 milhões, em 2015.

O programa, lançado no executivo de José Sócrates, pela então ministra Maria de Lurdes Rodrigues, previa inicialmente a requalificação de 332 escolas, mas esse número foi reduzido para 309, na revisão do contrato-programa em 2012, e, depois, para 173, na revisão de 2016.

O programa já gastou perto de 2,3 mil milhões de euros para reabilitar cerca de 150 escolas.
Ver comentários