Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

CMVM condena KPMG a multa de um milhão de euros

Auditora falhou na documentação do trabalho realizado junto do BES nem apresentou provas de que a auditoria feita à área do crédito foi adequada, entre várias outras irregularidades.
23 de Outubro de 2020 às 16:27
KPMG
KPMG

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) decidiu aplicar uma coima de um milhão de euros à KPMG, auditora responsável pela fiscalização das contas do Banco Espírito Santo (BES).

O regulador do mercado concluiu que a auditora falhou na documentação do trabalho realizado junto do banco falido e não apresentou provas - inclusivamente, não documentou informação sobre factos "importantes que eram do seu conhecimento" -, entre várias outras irregularidades.

A KPMG já impugnou a decisão.

CMVM KPMG
Ver comentários