Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Crise reduz quase a metade a venda de carros novos

Foram menos 66974 viaturas face ao período homólogo de 2019.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 3 de Agosto de 2020 às 18:07
Venda de carros
Venda de carros

A crise económica  provocada pela pandemia reduziu quase a metade a compra de carros novos em Portugal. Segundo os dados da ACAP - Associação Automóvel de Portugal, revelados esta segunda-feira, a quebra de vendas de janeiro a julho é de 45.6%. Foram menos 66974 viaturas face ao período homólogo de 2019.

Até ao final de julho, os portugueses compraram 80057 novos carros, com quase todas as marcas a sentirem quebras de vendas significativas.  A Renault, Citroen, Fiat e Opel sofreram quebras superiores a 50%, em sentido inverso  está a Porsche.

Segundo os dados da ACAP a marca alemã é das poucas que consegue subir as suas vendas no nosso País nos primeiros sete meses do ano, com 474 carros vendidos (uma subida de 32,4% face a 2019). 

Outras marcas conotadas com o segmento de luxo também sofreram quebras. A Ferrari, por exemplo, vendeu menos cinco carros do que o ano passado(14 contra 19).

Ver comentários