Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Economia recuperou 13,2% num trimestre

Apesar dos números obtidos até setembro, houve uma queda de 5,8% na riqueza criada face ao mesmo período de 2019.
João Maltez 31 de Outubro de 2020 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Economia recuperou 13,2% num trimestre
A riqueza criada em Portugal entre julho e setembro deste ano foi superior em 13,2% quando comparada com a que foi produzida no trimestre anterior, revelam números divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística. Importa dizer, contudo, que esta recuperação se segue a uma queda histórica (16,4%) do Produto Interno Bruto (PIB) entre abril e junho, devido à paragem parcial do País para tentar travar a pandemia.

A evolução de 13,2% no PIB do terceiro trimestre de 2020, que correspondeu ao período de férias e de desconfinamento, deveu-se sobretudo à subida da procura interna. Segundo o INE, os portugueses consumiram mais em comparação com os três meses anteriores e ocorreu também “um aumento acentuado das exportações de bens”, o que explica a riqueza criada.

Já quando a comparação é feita com o mesmo período do ano passado, a criação de riqueza sofreu uma redução de 5,8% de julho a setembro, um sinal de recuperação após o trambolhão de 16,4% entre abril e junho.

Numa avaliação a estes números, os economistas do NECEP, núcleo de estudos da Universidade Católica, sublinham que os resultados são positivos e “excederam as expectativas”, mas lembram que “uma segunda vaga, intensa e generalizada, da pandemia” aumenta “a incerteza do crescimento económico nos próximos trimestres”.







Melhor do que a média dos países do euro
A economia portuguesa recuperou no 3º trimestre de 2020 mais do que a média dos países da Zona Euro. Em comparação com o trimestre anterior, o Produtor Interno Bruto subiu no nosso país 13,2%, contra 12,7% na área do euro. França, com uma recuperação de 18,2%, Espanha (16,7%) e Itália (16,1%), três dos países europeus mais afetados pela primeira vaga da pandemia, registaram os melhores resultados do trimestre. No mesmo período, a economia chinesa subiu 2,7% e a norte-americana melhorou 7,4%.
Ver comentários