Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Euro sobe após declarações de Lagarde e dados do desemprego nos EUA

Presidente do Banco Central Europeu garantiu que fará o que for necessário para apoiar a recuperação económica.
Lusa 8 de Maio de 2020 às 18:50
Christine Lagarde, BCE
Christine Lagarde
Christine Lagarde
Christine Lagarde, BCE
Christine Lagarde
Christine Lagarde
Christine Lagarde, BCE
Christine Lagarde
Christine Lagarde
O euro subiu hoje face ao dólar, após a publicação de números do desemprego nos Estados Unidos e declarações da presidente do Banco Central Europeu (BCE) a garantir que fará o que for necessário para apoiar a recuperação económica.

Às 18h00 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,0845 dólares, quando na quinta-feira à mesma hora seguia a 1,0811 dólares.

O BCE fixou hoje o câmbio de referência do euro em 1,0843 dólares.

Christine Lagarde indicou que o BCE não se deixará intimidar, depois de uma decisão do Tribunal Constitucional alemão que pediu explicações ao banco central sobre o seu programa de compra de dívida pública.

A presidente do BCE disse também que a entidade monetária "fará tudo o que for necessário para apoiar a recuperação" económica na zona euro, atuando no âmbito do seu mandato, afirmações que apoiaram a valorização do euro.

Nos Estados Unidos, foram divulgados dados oficiais que indicam que a taxa de desemprego atingiu 14,7% em abril, quando se perderam 20,5 milhões de empregos, devido às medidas para conter a pandemia de covid-19.

Christine Lagarde EUA Estados Unidos BCE economia negócios e finanças mercado cambial macroeconomia
Ver comentários