Sub-categorias

Notícia

Fatura da luz ‘paga’ 150 milhões de euros à banca

Ex-presidente da ERSE alerta para os custos do défice tarifário devido a opções políticas.
Por Raquel Oliveira|12.07.18
O défice tarifário na eletricidade custa, só em juros, 150 milhões de euros anuais aos clientes da energia. Trata-se de "mais uma transferência dos consumidores para a banca ", considerou esta quarta-feira o ex-presidente da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Jorge Vasconcelos respondia assim a um deputado bloquista, no âmbito da comissão de inquérito às rendas da energia, que calculou em 417 milhões de euros os ganhos da EDP com a dívida tarifária – este ano, em torno dos 3,5 mil milhões de euros.

Para o ex-presidente da ERSE, a imputação dos juros aos consumidores foi "uma opção política" tal como o foi a aprovação dos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC), contra a opinião da entidade reguladora, que alertou para os custos destes contratos para os clientes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!