Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Lay-off limitou impacto no número de desempregados em 2020, diz o INE

Emprego total e o remunerado recuaram 1,7% em 2020.
Lusa 26 de Fevereiro de 2021 às 14:58
Lay-off
Lay-off FOTO: Getty Images
O emprego total e o remunerado (medido em número de indivíduos) recuaram 1,7% em 2020, após subirem 0,8% e 1,1%, respetivamente, em 2019, tendo o regime simplificado de 'lay-off' limitado o impacto da pandemia no desemprego, segundo o INE.

"A evolução do emprego ocorreu num contexto em que foi instituído o regime simplificado de 'lay-off', limitando o impacto no número de trabalhadores desempregados provocado pelo encerramento de empresas, total ou parcialmente, de forma temporária", refere o Instituto Nacional de Estatística (INE) numa análise ao "Impacto da pandemia na evolução da produtividade do trabalho", publicada hoje no âmbito das Contas Nacionais Anuais Preliminares de 2020.

Nesta análise, o instituto assinala a "evolução significativamente distinta da produtividade do trabalho no contexto da pandemia covid-19, consoante se tome como referência como unidades de trabalho, as horas trabalhadas ou o número de pessoas empregadas".

Lay-off INE economia negócios e finanças indústria transformadora
Ver comentários