Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Lucro da EDP cai 1% para 512 milhões de euros em 2019

Operações convencionais em Portugal tiveram prejuízo de 98 milhões de euros.
Lusa 20 de Fevereiro de 2020 às 17:37
EDP
EDP FOTO: Reuters
A EDP fechou 2019 com um lucro de 512 milhões de euros, uma queda de 1% face ao ano anterior, segundo informação ao mercado, que destaca que as operações convencionais em Portugal tiveram prejuízo de 98 milhões de euros.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o grupo liderado por António Mexia adianta que o resultado líquido reportado foi impactado por uma provisão de 86 milhões de euros relativa à barragem do Fridão, bem como o reconhecimento de uma imparidade de 297 milhões de euros nas centrais a carvão na Península Ibérica.

"Desta forma, as operações convencionais em Portugal registaram um prejuízo líquido de 98 milhões de euros em 2019, penalizadas pela manutenção de um contexto regulatório e fiscal adverso, a que se adicionou em 2019 um volume de produção de energia hídrica anormalmente baixo", justifica a energética.

Em 2019, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) da empresa cresceu 12%, face ao período homólogo, para 3.706 milhões de euros.

Por sua vez, no período em causa, o investimento totalizou 2.258 milhões de euros, 76% dos quais dedicados à expansão -- 65% em renováveis e 35% em redes.

O fluxo de caixa orgânico recorrente fixou-se em 1,4 mil milhões de euros, entre janeiro e dezembro de 2019, "traduzindo os fluxos de caixa gerados e disponíveis para cumprir a estratégia da EDP em termos de crescimento sustentável e redução de dívida e remuneração de acionistas".

Em dezembro de 2019, a dívida líquida do grupo EDP ascendeu a 13.827 milhões de euros, mais 3% do que em igual período do ano anterior.

Na sessão de hoje da bolsa, as ações da elétrica cederam 1,06% para 4,87 euros.

EDP Portugal economia negócios e finanças mercado e câmbios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)