Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Meo recorre da decisão da Concorrência "com vista a demonstrar a inocência"

AdC aplicou coima de 84 milhões de euros à Meo, da Altice Portugal, por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO.
Lusa 4 de Dezembro de 2020 às 11:30
Altice
Altice FOTO: Direitos Reservados
A sociedade de advogados Vieira de Almeida confirmou esta sexta-feira à Lusa que a Meo, da Altice Portugal, deu instruções no sentido de "adotar as providências adequadas e recorrer da decisão" da Autoridade da Concorrência (AdC).

A AdC aplicou uma coima de 84 milhões de euros à Meo, da Altice Portugal, por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da Vieira de Almeida confirmou que a Altice Portugal deu "instruções no sentido de adotar as providências adequadas e recorrer da decisão para o Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão com vista a demonstrar a inocência da Meo e obter a anulação da sanção aplicada".

Meo Concorrência Altice Portugal Vieira de Almeida Autoridade da Concorrência AdC Informação sobre empresas
Ver comentários