Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Novo Banco vende portefólio de imobiliário logístico sobretudo localizado em Portugal

Apenas terá um impacto positivo no rácio de capital.
Lusa 23 de Maio de 2022 às 08:27
Novo Banco
Novo Banco
O Novo Banco vai vender uma carteira de ativos imobiliários, segundo um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, que não adianta o valor da transação, apenas que terá um impacto positivo no rácio de capital.

"O portefólio compreende maioritariamente ativos de logística localizados em Portugal. A março de 2022, o novobanco detinha, em média, uma participação de cerca de 75% dos referidos ativos imobiliários", refere a nota.

Segundo a entidade bancária, a concretização desta transação, nos termos acordados, "deverá ter um impacto positivo de cerca de 35 pb [pontos-base] no rácio de capital total do grupo novobanco".

A celebração de um contrato de promessa de compra e venda "para o desinvestimento de uma carteira de ativos imobiliários detido maioritariamente pelos fundos imobiliários NB Património e NB Logística" já tinha sido comunicada na semana passada pela GNB Real Estate, subsidiária do banco.

"O sucesso desta transação relevante reflete o momento positivo do mercado deste segmento imobiliário, com uma redução significativa da yield nos últimos 12 meses e consequente aumento do preço, dado o aumento da procura por ativos logísticos pós pandemia", refere o comunicado do Novo Banco.

Esta transação - acrescenta - fazia parte das medidas previstas pelo grupo "para acelerar o desinvestimento de ativos não-core e constitui uma das medidas que, juntamente com outras a serem implementadas, resultarão em geração de capital ao longo de 2022".

Ver comentários
}