Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Números para a net a partir de 3

Portugal vai ter, a partir do próximo ano, uma nova numeração nas telecomunicações. Trata-se de uma gama que começa por ‘3’ e que vai estar associada a serviços que utilizam a rede de computadores (fixos ou portáteis) para telefonar, ou seja que utilizam a tecnologia VoIP (voz sobre internet).
8 de Novembro de 2005 às 00:00
A Anacom viu-se ‘obrigada’ a criar esta nova numeração porque o prefixo ‘2’ só se aplica, de acordo com a lei, a um local fixo.
Esta nova tecnologia que usa os computadores para ligações telefónicas já foi disponibilizada em Portugal pelo Sapo, IOL e NetCall mas com limitações. Neste momento, já é possível fazer chamadas para números de telefone móveis e fixos, nacionais e estrangeiros, mas não é possível recebê-las, dada a falta de numeração.
Com a atribuição de números aos computadores, já será possível aos operadores oferecerem um serviço equivalente ao da rede fixa, mas a preços muito mais reduzidos.
Esta proposta de números faz parte do processo de consulta que a Anacom lançou ao mercado e que inclui ainda um conjunto de questões relacionadas com a interligação, integridade e segurança da rede, qualidade de serviço e informação que os prestadores de serviços VoIP devem dispensar aos utilizadores finais.
A Anacom quer definir o enquadramento destes serviços que considera “poder contribuir para uma maior penetração dos serviços de acesso de banda larga e para aumentar a concorrência”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)