Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Portugal emite até 1.250 milhões de euros de dívida de curto prazo na 4.ª feira

Emissão será feita em dois leilões de Bilhetes do Tesouro.
Lusa 14 de Fevereiro de 2020 às 17:26
Dinheiro
Dinheiro FOTO: Getty Images
A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai emitir, na quarta-feira, até 1.250 milhões de euros em dois leilões de Bilhetes do Tesouro (BT), com maturidades de cerca de três e 11 meses.

"O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 19 de fevereiro pelas 10:30 dois leilões das linhas BT com maturidades em 15 de maio de 2020 e 15 de janeiro de 2021", anunciou, em comunicado, a entidade liderada por Cristina Casalinho.

Os leilões em causa têm um montante indicativo global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões de euros.

Em 15 de janeiro, Portugal colocou 1.750 milhões de euros, montante máximo indicativo, em BT a seis e 12 meses, a juros negativos e a caírem para mínimos de sempre nos dois prazos.

A 12 meses foram colocados 1.250 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,482%, de novo negativa e inferior à registada em 18 de setembro, quando foram colocados 1.000 milhões de euros à taxa de juro média de -0,440%.

Por sua vez, a seis meses foram colocados 500 milhões de euros em BT à taxa média de -0,487%, mais negativa do que a verificada em 18 de setembro, quando foram colocados 250 milhões de euros a -0,463%.

A procura atingiu 2.230 milhões de euros para os BT a 12 meses, 1,78 vezes o montante colocado, e 1.120 milhões de euros para os BT a seis meses, 2,24 vezes o montante colocado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)