Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Portugueses pagariam mais 27 cêntimos por litro de combustível sem medidas fiscais, diz Medina

Entre novembro e o final de junho, foram contabilizados 700 milhões de euros em apoios.
Lusa 13 de Maio de 2022 às 16:47
Fernando Medina
Fernando Medina
O ministro das Finanças, Fernando Medina, disse esta sexta-feira que os portugueses pagam hoje menos 27 cêntimos por litro de combustível do que pagariam sem as medidas fiscais implementadas pelo Governo para mitigar o impacto dos preços da energia.

"Cada português paga hoje menos 27 cêntimos por litro quando vai à bomba de gasolina do que pagaria sem qualquer medida pública. Repito: sem as medidas que tomámos na área fiscal, os portugueses pagariam mais 27 cêntimos por litro de combustível do que hoje pagam", disse hoje durante uma audição na Comissão de Orçamento e Finanças (COF), no âmbito da discussão sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

Fernando Medina sublinhou que no total, entre novembro e o final de junho, e considerando os subsídios a empresas e famílias e os impostos que o Estado deixou de cobrar, contabiliza 700 milhões de euros em apoios.

Fernando Medina ministro Governo economia negócios e finanças macroeconomia preços
Ver comentários
}