Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021

INE avança que taxa de inflação homóloga, excluindo habitação, no continente terá sido de -0,18% em outubro.
Lusa 30 de Outubro de 2020 às 11:02
Portagens na A28
Portagens na A28 FOTO: Nuno Fernandes Veiga
Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A fórmula que estabelece a forma como é calculado o aumento do preço das portagens em cada ano está prevista no decreto-lei n.º 294/97 e estabelece que a variação a praticar em cada ano tem como referência a taxa de inflação homóloga sem habitação no continente verificada no último mês para o qual haja dados disponíveis antes de 15 de novembro, data limite para os concessionários comunicarem ao Governo as suas propostas de preços para o ano seguinte.

Na estimativa rápida do Índice de Preços no Consumidor (IPC) esta setxa-feira divulgada, o INE avança que a taxa de inflação homóloga, excluindo habitação, no continente terá sido de -0,18% em outubro, o que deverá resultar numa estabilização dos preços das portagens no próximo ano.  

Instituto Nacional de Estatística INE economia negócios e finanças macroeconomia transportes preços
Ver comentários