Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Sentimento económico e expectativas de emprego recuam em janeiro na União Europeia

Dados divulgados pela Comissão Europeia.
Lusa 28 de Janeiro de 2022 às 10:24
IEFP
IEFP FOTO: João Cortesão
Os indicadores do sentimento económico e das expectativas de emprego voltaram a recuar em janeiro na zona euro e na União Europeia (UE), segundo dados divulgados esta sexta-feira pela Comissão Europeia.

De acordo com os dados da Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia, o sentimento económico recuou de dezembro para janeiro - e pelo terceiro mês consecutivo -- 1,4 pontos, para os 111,6, na UE e 1,1 pontos, para os 112,7, na zona euro.

Também o indicador das expectativas de emprego diminuiu, pelo segundo mês, mas de forma mais ligeira: 0,5 pontos para 113,1 na UE e 0,2 pontos para 113,3 na zona euro.

O recuo no sentimento económico na UE deveu-se a um declínio da confiança nos serviços, construção e, em menor medida, indústria e confiança dos consumidores, tendo aumentado no setor do comércio a retalho.

Entre as maiores economias da UE, o sentimento económico subiu na Alemanha (0,8) e Espanha (0,6) enquanto piorou em Itália (-6,1), na Polónia (-4,2), em França (-2,8) e nos Países Baixos (-1,3).

O ligeiro declínio das expectativas de emprego na média dos 27 Estados-membros (0,5 pontos) deveu-se à deterioração dos planos de emprego nos setores dos serviços e construção.

Ver comentários