Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

TAP diz que tem tesouraria para pagar salários em julho

Companhia atravessa uma situação financeira difícil, devido à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.
António Sérgio Azenha 1 de Julho de 2020 às 14:46
Reestruturação da TAP visada
Reestruturação da TAP visada FOTO: Miguel Baltazar

A TAP esclarece, segundo fonte oficial da empresa, que tem dinheiro para pagar os salários dos trabalhadores no final de julho. A companhia aérea de bandeira nacional atravessa uma situação financeira difícil, devido à crise causada pela pandemia do novo coronavírus e necessita da ajuda financeira do Estado com urgência.

Desde o início da pandemia, em março último, a empresa tem vivido com a receita de 435 milhões de euros que tinha em tesouraria, em fevereiro passado. Até ao final de junho, a TAP conseguiu cumprir todos os seus compromissos, mas o empréstimo do Estado até 1,2 mil milhões de euros é considerado urgente para que a empresa possa enfrentar a grave crise que afeta o setor da aviação.

O Governo está em negociações com os acionistas privados da TAP, de forma a encontrar uma solução para ajudar a TAP e evitar o recurso à nacionalização da companhia. No essencial, as negociações passam pela saída de David Neeleman da estrutura acionista da TAP. O empresário quer vender a participação de 22,25% que detém na TAP, pela qual pediu cerca de 55 milhões de euros. O Governo não aceitou esta proposta, por considerar o preço elevado. As negociações decorrem ainda, admitindo-se que a solução para o impasse possa passar por Humberto Pedrosa, sócio de Neeleman na Atlantic Gateway, a empresa de ambos que é acionista da TAP com 45% do capital social.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)