Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Taxas de juros do crédito à habitação voltam a cair

Desceu para 0,932% no mês de outubro. Foram vendidas mais de 160 mil casas este ano.
Andresa Pereira 24 de Novembro de 2020 às 08:42
Casas
Casas FOTO: Direitos Reservados
As taxas de juro do crédito à habitação voltaram a cair em outubro, pelo segundo mês consecutivo, segundo dados esta segunda-feira divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Dados mais recentes da Imovendo mostram que em 2020 deverão ser vendidas cerca de 160 mil casas.

“Os juros caíram 3,4 pontos-base, para os 0,932% no mês de outubro. Também nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro desceu, de 0,966% em setembro para 0,914% em outubro”, lê-se no documento do INE. Nesse mês, o capital médio em dívida para a totalidade dos contratos subiu 161 euros, para 54 645 euros. Já para os contratos celebrados nos últimos três meses, o montante médio em dívida foi 109 727 euros, mais 1478 euros. Quanto à prestação média, subiu um euro em outubro para 227 euros. Deste valor, 43 euros correspondem a juros e 184 euros (81%) ao capital amortizado.

Apesar da pandemia, da crise económica e “de todas as incertezas que assombram a real capacidade da economia nacional recuperar em 2021”, este ano de 2020 deverá ser fechado com “um mínimo de 160 mil e um máximo de 172 500” casas vendias em Portugal, antecipa a consultora Imovendo. Nos dois anos anteriores, foram vendida cerca de 180 mil.
Imovendo Instituto Nacional de Estatística INE economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários