Barra Cofina

Correio da Manhã

Exclusivos

Casamento: Traições ensombram festa (COM FOTOGALERIA)

Cerimónia religiosa foi marcada pela falta de sentimento e emoção, após os rumores do nascimento de dois filhos do príncipe do Mónaco.
3 de Julho de 2011 às 00:30
Alberto e Charlene mostram cumplicidade durante a cerimónia.
As irmãs de Alberto, Stephanie e Carolina, assistiram à cerimónia na primeira fila.
Os noivos trocaram alianças quando eram 16h33 em Lisboa, mais uma hora no Mónaco.
O casamento foi transmitido para os convidados que assistiram à cerimónia do lado de fora da Igreja.
A Princesa Victoria e o Príncipe Daniel Westin, da Suécia, também se deslocaram ao Mónaco para assistir à boda real.
D. Duarte de Bragança e a mulher, Isabel de Herédia, também marcaram presença na cerimónia
O vestido de Charlene, criado por Giorgio Armani, tinha uma cauda de 20 metros de cumprimento.
Já como marido e mulher, Alberto e Charlene trocam um beijo que sela o compromisso.
A ex-supermodelo Naomi Campbell foi uma das convidadas da cerimónia religiosa.
Os primos Andrea e Pierre, filhos de Carolina do Mónaco, e Louis Ducret, primogénito de Stephanie, concentram-se para assistir ao enlace matrimonial do tio.
O Príncipe Laurent da Bélgica protagonizou um pequeno incidente, ao cair em plena passadeira vermelha.
Depois do tão esperado 'sim', Alberto do Mónaco ajuda a tirar o véu à esposa, Charlene.
Após o sim, os noivos deram o tradicional beijo.
O estilista Giorgio Armani desenhou o vestido da Princesa Charlene.
Noivos abandonaram local da cerimónia num veículo descapotável.
Os noivos deixaram a Igreja com rasgados sorrisos.
O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, esteve presente na cerimónia, mas sem a companhia da mulher, Carla Bruni.
Os príncipes da Dinamarca Mary e Frederico constaram da lista de convidados.
A Princesa Stephanie chega à cerimónia acompanhada dos filhos Louis, Pauline e Camille.
À cerimónia religiosa, assistiram quatro mil convidados.
Vestido de Charlene foi desenhado pelo estilista italiano Giorgio Armani.
Os noivos deixam a Igreja já como marido e mulher.
A Princesa Madalena e o Príncipe Carl Philip, da Suécia, assistiram à cerimónia.
Alberto e Charlene casaram ontem pelo civil e selaram com um beijo perante os monegascos.
Pela mão do pai, Charlene sobe ao altar.
Alberto e Charlene mostram cumplicidade durante a cerimónia.
As irmãs de Alberto, Stephanie e Carolina, assistiram à cerimónia na primeira fila.
Os noivos trocaram alianças quando eram 16h33 em Lisboa, mais uma hora no Mónaco.
O casamento foi transmitido para os convidados que assistiram à cerimónia do lado de fora da Igreja.
A Princesa Victoria e o Príncipe Daniel Westin, da Suécia, também se deslocaram ao Mónaco para assistir à boda real.
D. Duarte de Bragança e a mulher, Isabel de Herédia, também marcaram presença na cerimónia
O vestido de Charlene, criado por Giorgio Armani, tinha uma cauda de 20 metros de cumprimento.
Já como marido e mulher, Alberto e Charlene trocam um beijo que sela o compromisso.
A ex-supermodelo Naomi Campbell foi uma das convidadas da cerimónia religiosa.
Os primos Andrea e Pierre, filhos de Carolina do Mónaco, e Louis Ducret, primogénito de Stephanie, concentram-se para assistir ao enlace matrimonial do tio.
O Príncipe Laurent da Bélgica protagonizou um pequeno incidente, ao cair em plena passadeira vermelha.
Depois do tão esperado 'sim', Alberto do Mónaco ajuda a tirar o véu à esposa, Charlene.
Após o sim, os noivos deram o tradicional beijo.
O estilista Giorgio Armani desenhou o vestido da Princesa Charlene.
Noivos abandonaram local da cerimónia num veículo descapotável.
Os noivos deixaram a Igreja com rasgados sorrisos.
O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, esteve presente na cerimónia, mas sem a companhia da mulher, Carla Bruni.
Os príncipes da Dinamarca Mary e Frederico constaram da lista de convidados.
A Princesa Stephanie chega à cerimónia acompanhada dos filhos Louis, Pauline e Camille.
À cerimónia religiosa, assistiram quatro mil convidados.
Vestido de Charlene foi desenhado pelo estilista italiano Giorgio Armani.
Os noivos deixam a Igreja já como marido e mulher.
A Princesa Madalena e o Príncipe Carl Philip, da Suécia, assistiram à cerimónia.
Alberto e Charlene casaram ontem pelo civil e selaram com um beijo perante os monegascos.
Pela mão do pai, Charlene sobe ao altar.
Alberto e Charlene mostram cumplicidade durante a cerimónia.
As irmãs de Alberto, Stephanie e Carolina, assistiram à cerimónia na primeira fila.
Os noivos trocaram alianças quando eram 16h33 em Lisboa, mais uma hora no Mónaco.
O casamento foi transmitido para os convidados que assistiram à cerimónia do lado de fora da Igreja.
A Princesa Victoria e o Príncipe Daniel Westin, da Suécia, também se deslocaram ao Mónaco para assistir à boda real.
D. Duarte de Bragança e a mulher, Isabel de Herédia, também marcaram presença na cerimónia
O vestido de Charlene, criado por Giorgio Armani, tinha uma cauda de 20 metros de cumprimento.
Já como marido e mulher, Alberto e Charlene trocam um beijo que sela o compromisso.
A ex-supermodelo Naomi Campbell foi uma das convidadas da cerimónia religiosa.
Os primos Andrea e Pierre, filhos de Carolina do Mónaco, e Louis Ducret, primogénito de Stephanie, concentram-se para assistir ao enlace matrimonial do tio.
O Príncipe Laurent da Bélgica protagonizou um pequeno incidente, ao cair em plena passadeira vermelha.
Depois do tão esperado 'sim', Alberto do Mónaco ajuda a tirar o véu à esposa, Charlene.
Após o sim, os noivos deram o tradicional beijo.
O estilista Giorgio Armani desenhou o vestido da Princesa Charlene.
Noivos abandonaram local da cerimónia num veículo descapotável.
Os noivos deixaram a Igreja com rasgados sorrisos.
O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, esteve presente na cerimónia, mas sem a companhia da mulher, Carla Bruni.
Os príncipes da Dinamarca Mary e Frederico constaram da lista de convidados.
A Princesa Stephanie chega à cerimónia acompanhada dos filhos Louis, Pauline e Camille.
À cerimónia religiosa, assistiram quatro mil convidados.
Vestido de Charlene foi desenhado pelo estilista italiano Giorgio Armani.
Os noivos deixam a Igreja já como marido e mulher.
A Princesa Madalena e o Príncipe Carl Philip, da Suécia, assistiram à cerimónia.
Alberto e Charlene casaram ontem pelo civil e selaram com um beijo perante os monegascos.
Pela mão do pai, Charlene sobe ao altar.

Contida, tímida e pouco sorridente. Foi assim que Charlene Wittstock, de 33 anos, se apresentou durante as cerimónias religiosas do seu casamento com Alberto do Mónaco, de 53. Depois de se ter casado pelo civil, na sexta-feira, o casal real disse o ‘sim' ontem perante 3500 convidados, numa cerimónia que ficou marcada pela falta de emoção e de sentimento.

Apesar de estar deslumbrante num elegante vestido assinado por Giorgio Armani, a princesa não viveu o conto de fadas que idealizou. Os rumores de traições por parte de Alberto ensombraram a cerimónia e, principalmente, o pensamento da antiga nadadora sul-africana.

Durante a semana passada, Charlene terá tentado fugir do principado após descobrir várias infidelidades por parte do noivo. Alberto terá tido dois filhos - um tem dois anos e outro duas semanas - durante o relacionamento com a sul-africana. Segundo as últimas notícias, a mãe de uma das crianças está disposta a estragar a lua-de-mel do casal e vender a história por um valor astronómico à imprensa. O príncipe já tem dois filhos, de sete e 19 anos, nascidos de relações anteriores.

Com um semblante carregado, Charlene acabou por não conter as lágrimas no momento em que entrou na capela para entregar o bouquet de noiva à Santa Devota, padroeira do Mónaco e símbolo da união dos habitantes.

Alberto e Charlene namoravam há cinco anos e anunciaram o casamento no ano passado.

CHARLOTTE DESLUMBRA

Charlotte Casiraghi, sobrinha do príncipe Alberto, não passou despercebida no casamento real. A jovem de 24 anos foi mesmo apelidada de ‘Pippa Middleton do Mónaco', pois,

tal como a irmã da mulher do príncipe William de Inglaterra, Kate Middleton, tornou-se um dos centros das atenções da festa. A filha da princesa Carolina do Mónaco deslumbrou com um vestido com decote à barco assinado pela conceituada Casa Chanel.

CASAMENTO ALBERTO CHARLENE MÓNACO PRÍNCIPE
Ver comentários