Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos
2

Kim Kardashian quer libertar mais um condenado a prisão perpétua

Em junho, conseguiu garantir a libertação de Alice Marie Johnson. Agora há um novo caso na mira da socialite.
6 de Setembro de 2018 às 11:58
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian procura libertação de Chris Young
Kim Kardashian, de 37 anos, está dedicada a uma nova causa. A socialite, que se tornou conhecida pelo Reality Show "Keeping Up with the Kardashians", pretende conseguir a libertação de Chris Young, condenado a prisão perpétua, após pouco mais do que dois meses desde que conseguiu que Trump 'perdoasse' a prisioneira Alice Marie Johnson

A empresária está empenhada em prevenir casos de prisão perpétua injustos, aos olhos de Kim, nos Estados Unidos. Depois de Alice - uma bisavó americana, que tinha sido presa em 1996 por associação ao tráfico de drogas -, Chris é o novo objetivo da mãe de três crianças. O homem foi condenado em 2010 por posse de cocaína. 

Kim expôs o caso no podcast "Wrongful Conviction" e afirmou que estava a tratar daquele assunto como tratou da libertação da bisavó americana de 63 anos.

Nas redes sociais, a empresária já explicou os seus objetivos. 




"Começou com a Alice. Mas ao olhar para ela e ver os rostos e conhecer as histórias de homens e mulheres que conheci na prisão, percebo que eu não podia parar à primeira. É tempo para uma mudança real", disse no Twitter. 
Ver comentários