Barra Cofina

Correio da Manhã

Famosos
5

Laura Ferreira: A mulher de Passos Coelho que lutou contra o cancro sob o olhar atento dos portugueses

Nascida em Bissau, a fisioterapeuta era conhecida pela sua discrição e pelo sorriso ao lado do antigo primeiro-ministro.
Correio da Manhã 25 de Fevereiro de 2020 às 13:20
Vidas
Laura Ferreira, mulher de Pedro Passos Coelho
Laura Ferreira, mulher de Pedro Passos Coelho FOTO: Nuno Fernandes Veiga / Correio da Manhã
Laura Ferreira morreu na madrugada desta terça-feira no IPO de Lisboa após perder a luta contra o cancro que durava desde 2014.  

A fisioterapeuta nasceu em Bissau e ainda em nova rumou a Portugal, concretamente no Cacém, bem perto de onde viria a morar com Pedro Passos Coelho anos mais tarde, em Massamá. A saúde foi a área que escolheu para o seu futuro tendo por isso estudado Medicina na Universidade de Lisboa e foi a fisioterapia que acabou por se tornar na sua profissão. 

Após a licenciatura, Laura deu os primeiros passos na profissão no Centro de Educação para o Cidadão Deficiente (CECD), em Mira-Sintra, onde trabalhou durante vários anos até se tornar coordenadora do Centro de Medicina e de Reabilitação.

No campo pessoal, Laura é mãe de duas jovens, uma que tem atualmente 24 anos e outra 12. A primeira filha teve-a aos 30 anos, fruto do primeiro casamento. Mais tarde veio a apaixonar-se por Pedro Passos Coelho de quem teve a segunda filha aos 42 anos.

A história de amor começou em casa de amigos em comum e cresceu tornando-se num amor incondicional. Laura sempre acompanhou o marido mas de forma discreta. O antigo primeiro-ministro dedicou-se nos últimos seis anos à mulher que desde 2014 que lutava contra o cancro, sempre de sorriso no rosto, e com a esperança de que tudo acabasse por correr bem. 

A fisioterapeuta sucumbiu após o agravamento do seu estado de saúde durante os últimos dois meses.
Pedro Passos Coelho Laura Ferreira IPO Lisboa saúde questões sociais doenças política morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)