Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
9

Entra em sexshop, despe-se e usa vibrador da loja para se masturbar

Mulher foi apanhada pela polícia em pleno ato e admitiu estar "um bocadinho bêbeda". Momento foi gravado por câmara corporal de agente.
Correio da Manhã 13 de Setembro de 2020 às 21:07
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'
Ann admitiu estar 'um bocadinho bêbeda'

Uma mulher norte-americana foi detida pela polícia de Fort Pierce, na Flórida, após ter entrado numa loja de artigos sexuais, tirando um vibrados de uma das prateleiras e começando a masturbar-se dentro da loja, após ter-se despido.

Segundo as autoridades, Ann Stanley, de 36 anos, foi encontrada pelos agentes completamente nua enquanto "usava o brinquedo sexual cor-de-rosa, em forma de pénis, para se masturbar". A mulher tinha-se entretanto fechado num gabinete da loja, após os proprietários terem chamado a polícia.

Surpreendida pelas autoridades, Ann levantou-se e deixou cair o vibrador no chão. Segundo a polícia parecia alcoolizada. A mulher foi depois imediatamente detida por exposição indecente e furto e acabou por admitir que estava "um bocadinho bêbeda, depois de beber seis cervejas", quando protagonizou o insólito episódio.

Ann Stanley foi levada primeiro ao hospital para avaliação e depois ficou presa, sujeita ao pagamento de uma caução de cerca de 1300 euros. A norte-americana já tinha cadastro por posse de droga e prostituição.

Flórida Fort Pierce Ann Stanley questões sociais crime lei e justiça crime crimes sexuais