Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos

Mulher ganha 17 mil euros a vender leite materno após ser barriga de aluguer

Professora, de 32 anos, armazena cerca de 40 litros do 'produto' por mês.
Correio da Manhã 21 de Outubro de 2020 às 12:15
Julie produz cerca de 40 litros de leite materno por mês
Julie produz cerca de 40 litros de leite materno por mês
Julie produz cerca de 40 litros de leite materno por mês
Julie produz cerca de 40 litros de leite materno por mês
Julie produz cerca de 40 litros de leite materno por mês
Julie produz cerca de 40 litros de leite materno por mês

Julie Dennis, de 32 anos e natural da Florida, nos EUA, foi barriga de aluguer de um casal que não conseguia ter filhos e, após dar à luz à criança, resolvem rentabilizar o facto de estar a produzir leite materno. Começou a vendê-lo e, em menos de seis meses, já ganhou mais de 17 mil euros com o ‘negócio’.

A mulher, que é professora primária, vende o produto a 80 cêntimos por centilitro a mulheres que não consigam produzir leite ou a outras famílias que tenham recorrido a barrigas de aluguer.

Todos os meses, a norte-americana consegue produzir cerca de 40 litros de leite materno, que depois congela. Quando é feita uma encomenda, Julie criou uma forma de transporte eficiente, com placas de gelo, que permite que o produto chegue nas melhores condições.

"É um trabalho de amor. Não acho que o preço seja exagerado, tenho muito trabalho a tirar leite todos os dias", explica a mulher, que até mudou a dieta para aumentar a produção de leite.

Apesar do sucesso que leva no negócio de venda de leite materno, Julie admite que é atacada nas redes sociais e alvo de assédio. "Claro que há homens que querem comprar o meu leite. Mas depois pedem-se fotos e vídeos para provar que é mesmo meu. Isso é inaceitável", lamenta a norte-americana.