Marcelo foi ao almoço da Altice

Referente à notícia com o título "Marcelo rejeita almoço da Altice".
30.03.18
  • partilhe
  • 0
  • +
"Vem a MEO - Comunicações e Multimédia SA ("Altice Portugal") exercer o seu direito de resposta e, também o de retificação, em relação à notícia publicada na página 52 da edição impressa do jornal Correio da Manhã, de 11 de março de 2018, sob o título "Marcelo rejeita almoço da Altice" e com o conteúdo "O Presidente da República visita os territórios atingidos pelos incêndios de outubro mas não participará no almoço para 1200 pessoas, em Oliveira do Hospital, de homenagem às vítimas. 

CM sabe que o facto de o evento ser apoiado pela Altice levou o Presidente recusar participar. Note-se que a Altice foi criticada pelas falhas do SIRESP e, em fevereiro, uma mulher morreu sem auxílio num local onde ainda não havia comunicações.", notícia que foi repetida no dia seguinte e que ainda se mantém disponível no sítio da Internet e na página do Facebook do Correio da Manhã ("Notícia"), na qual foram relatados factos, não só inverídicos, como suscetíveis de afetar gravemente a reputação desta empresa, o que faz pelos fundamentos e nos termos seguintes: Quer no título, quer no corpo da Notícia é afirmado, perentoriamente e de forma despudoradamente falsa, que o Exmo. Senhor Presidente da República Portuguesa teria recusado um convite para estar presente no almoço de homenagem às vítimas dos incêndios ocorridos em outubro devido à circunstância de a homenagem em causa ser apoiada pela Altice.

Acresce que a Notícia associa a Altice, de forma especialmente censurável e inverídica, à morte de uma pessoa, estabelecendo, com absoluta falta de fundamento, uma ardilosa conexão entre este acontecimento trágico e uma "falha" da Altice no restabelecimento de comunicações telefónicas na região.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!