Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
2

Direito de Resposta de Alberto Arons de Carvalho

Referente a artigo de opinião publicado pelo CM.
4 de Outubro de 2020 às 01:30
Na edição da passada segunda-feira, Armando Esteves Pereira repete a falsidade que já escrevera há 2 anos no Jornal de Negócios, o que me obriga a desmenti-lo de novo.

É falso e calunioso que eu tenha sido "um moço de recados de Sócrates em processos contra o CM na ERC". Aliás, como o autor do texto sabe, mas esconde, todos os dirigentes da ERC desmentiram então publicamente que eu os tivesse alguma vez pressionado. De resto, não participei na redação da proposta de deliberação que condenava o CM, nem falei com os seus autores, nem propus qualquer alteração ao texto quando ele foi discutido e aprovado no Conselho Regulador da ERC.

Mas Esteves Pereira não fica por aqui: refere, com total falta de vergonha e de rigor, que eu vou ter "mais um prémio pago com o dinheiro dos contribuintes, dos impostos e da conta da luz". Ora, como foi publicamente referido, não vou ter qualquer tipo de remuneração nas funções que exercerei no Conselho Geral Independente da RTP.

Alberto Arons de Carvalho
Ver comentários