Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
9

Direito de resposta referente à notícia "Homem barrica-se dentro de empresa em Palmela por suspeita de coronavírus"

Esclarecimento da Ria Ibérica – Logística de Veículos, S.A. (doravante Ria Ibérica) referente a notícia publicada pelo Correio da Manhã.
13 de Março de 2020 às 18:17

Na sequência de uma reportagem televisiva transmitida nos diversos serviços noticiosos da estação de televisão Correio da Manhã TV, bem como da notícia publicada no dia 10 de Março de 2020 na edição online do jornal Correio da Manhã, a Ria Ibérica – Logística de Veículos, S.A. (doravante Ria Ibérica) vem, ao abrigo do artigo 24.º da Lei de Imprensa, solicitar a publicação do seguinte direito de resposta e retificação, com igual destaque e tão rapidamente quanto possível, tanto nos serviços noticiosos como na edição escrita e online do jornal Correio da Manhã:

 

  1. A Ria Ibérica desmente o teor da notícia transmitida pelos serviços noticiosos da Correio da Manhã TV e da edição online do jornal Correio da Manhã, publicada em 10 de Março de 2020, intitulada "Homem barrica-se dentro de empresa em Palmela por suspeita de coronavírus".
  2. Ao contrário do referido na reportagem noticiosa, o trabalhador não se recusou a colaborar com as autoridades, nem se barricou nas instalações da empresa.
  3. Na verdade, o trabalhador em colaboração com os profissionais de saúde, foi auscultado no local e como não tinha febre, estes concluíram que o trabalhador não era portador de Covid-19, motivo pelo se ausentaram do local sem que tivessem transportado o trabalhador para um estabelecimento de saúde.
  4. Importa ainda salientar que o trabalhador não é natural, nem reside, em Felgueiras, informação que é veiculada na reportagem televisa e que é factualmente errada.
  5. Por cautela, e porque a Ria Ibérica rege-se pelos mais elevados padrões de qualidade e é uma empresa com forte sentido de responsabilidade social, o trabalhador deslocou-se a um estabelecimento de saúde que confirmou que o trabalhador não é portador de Covid-19.
  6. Como resulta do exposto, o trabalhador colaborou com as autoridades e não é portador do vírus, pelo que a continuação da transmissão da notícia televisiva difunde uma informação factualmente errada e lesiva da imagem e reputação da Ria Ibérica.
  7. Acresce que as imagens recolhidas na aludida reportagem televisiva identificam a Ria Ibérica e têm sido utilizadas igualmente como imagem de fundo ou de ilustração, de outras notícias relacionadas com o Covid-19, vulgo coronavírus.
  8. Tal utilização de imagens faz uma ligação errada e perniciosa da Ria Ibérica a casos de contágio de Covid-19, o que acarreta elevados danos ao bom nome e à imagem da Ria Ibérica, que se vê confrontada com graves perturbações na sua atividade em consequência directa das notícias veiculadas pela Correio da Manhã TV e edição online do jornal Correio da Manhã.
  9. Face ao exposto, a Ria Ibérica expressamente declara que não permite a utilização da sua imagem por parte dos vossos meios de comunicação, pelo que deverão cessar de imediato a transmissão de qualquer notícia que contenha imagens da Ria Ibérica e que a relacionem com o Covid-19.
  10. A Ria Ibérica reserva-se ainda no direito de agir judicialmente, para salvaguarda do seu bom nome e reputação.

 

 

Ao dispor para qualquer esclarecimento adicional, apresento os meus melhores cumprimentos,

 

O Conselho de Administração da Ria Ibérica – Logística de Veículos, SA

 

 

Ana Umbelina Silva

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)