Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

Direito de resposta relativo à notícia "PSP pressionada para identificar adeptos"

Esclarecimento da PSP relativo à notícia publicada no Correio da Manhã.
19 de Fevereiro de 2020 às 01:30
Relativamente à notícia "PSP pressionada para identificar adeptos", publicada no dia 18 deste mês, recebemos este esclarecimento do Diretor Nacional da PSP:

1. A PSP não foi pressionada por qualquer membro do Governo ou de outra qualquer entidade, para identificar qualquer adepto que assistiu ao jogo de futebol entre os clubes Vitória de Guimarães e Futebol Clube do Porto, realizado no dia 16 do corrente mês;

2. O Diretor Nacional da PSP não recebeu "ordens superiores para identificar o mais depressa possível os adeptos que proferiram insultos racistas contra Marega";

3. Não corresponde à verdade que "o próprio primeiro ministro, António Costa, ligou ao diretor nacional da PSP, Magina da Silva, a exigir "resultados rápidos e castigos severos";

4. No dia do próprio jogo e logo que tomou conhecimento dos factos em questão, passíveis de consubstanciarem a prática de crime e de contraordenação, a PSP, no âmbito das competências que lhe estão legalmente atribuídas, iniciou as diligências adequadas a colher a informação necessária à elaboração dos respetivos autos, nomeadamente à identificação dos autores das infrações, a remeter às autoridades judiciais e administrativas competentes.
PSP Diretor Nacional crime lei e justiça polícia desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)