Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
3

Astronautas chegam à Terra mas o Mundo continua na Lua

Hillary, Trump, DiCaprio e os abusos sexuais de padres da igreja católica são os temas que marcam a semana nos EUA. Leia abaixo os outros ‘temas quentes’ do resto do mundo.
Mafalda de Avelar 6 de Março de 2016 às 01:45
  1. 1. Hillary e Trump vencem primárias

Já existem vencedores. Isto é a primeira leitura da equação "eleição presidencial norte-americana". Sem grande surpresa, do lado democrata, Hillary Clinton foi a grande vencedora da ‘Super terça-feira’, dia D da política norte-americana, em que onze estados vão a votos e em que se fica a saber quem são os fortes candidatos a ser os próximos residentes da Casa Branca. Do lado republicano, Donald Trump segue, soma e assusta.

  1. 2. Segunda leitura das eleições

E se a primeira leitura já é conhecida, a segunda nem por isso. A expectativa também vale. Neste caso, muito. Se Trump vencer a corrida eleitoral, os EUA terão pela frente um novo paradigma de governação interna e externa. O radicalismo do milionário senhor do ‘quero, posso e mando’ já está a assustar os mercados.

  1. 3. Porém…

Os resultados finais ainda estão longe... do fim. Na corrida à presidência ainda estão, embora em desvantagem, do lado republicano, cinco candidatos (com destaque para Cruz e Rubio); e, do lado democrata, ainda é cedo para Sanders desistir da corrida. E apesar de as eleições começarem a "tomar um rumo", ainda muita água vai correr. Nomeadamente,acontagemdo número de delegados de cada estado, que é determinante.

  1. 4. As tentativas   de Sánchez

Espanha poderá ter novas eleições em breve. No momento em que escrevo esta coluna, ainda não se sabe o desfecho da segunda tentativa de Pedro Sánchez para formar Governo. A primeira, quarta-feira passada, não resultou.Sánchez, a quem foi atribuído, pelo rei Filipe VI, um mês para tentar reunir consensos, falhou. O líder socialista precisava do apoio de pelo menos 176 deputados. Só teve 130. Este é o terceiro candidato a primeiro-ministro a tentar uma segunda votação. Calvo-Sotelo tentou, em 1981, e Zapatero, em 2008.

  1. 5. O Facebook  e as regras

Também no mundo da política, mas, desta vez, a legislação: o vice-presidente do Facebook na América Latina foi detido, terça-feira, em São Paulo, Brasil. Um dia depois, foi libertado. Diego Dzodan foi acusado de não cumprir o pedido de quebra de sigilo de mensagens do WhatsApp feito pelas autoridades no âmbito de um processo de tráfico de droga. Este caso levanta uma vez mais a questão da legislação (ou falta dela) associada ao novo mundo das tecnologias. Questões éticas, jurídicas e humanas do mundo virtual, com impacto real. Tema a seguir.

  1. 6. Coreia do norte e as sanções

Também tentando impor regras, o conselho de segurança das Nações Unidas aprovou o mais severo pacote de sanções internacionais dos últimos 20 anos à Coreia do Norte devido ao seu programa nuclear e balístico, que contraria as leis internacionais. Sempre fiel ao seu estilo, Pyonyang, em mais uma manifestação de força, respondeu de imediato disparando mísseis no mar, lavrando protesto a "todas estas regras". O Mundo tem ali um problema. E não é de hoje.  
  

  1. 7. Calais, França e o Reino Unido

A ‘selva’, como é conhecido o acampamento de Calais onde 3,7 mil pessoas viviam sem condições mínimas, começou a ser desmantelado. Os protestos não param. Na maioria viviam ali refugiados da Síria, Afeganistão eSudão, que querem ir para o Reino Unido, mas que são impedidos de o fazer em França. Numa espécie de ‘aviso’, o ministro da Finanças francês já fez saber que, se o Reino Unido sair da UE, o controle das fronteiras será suspenso. Tantos interesses cruzados!

  1. 8. And the winner is...

Leonardo DiCaprio e ‘Spotlight’ são os grandes vencedores dos Óscares 2016. DiCaprio recebeu assim esta semana o seu primeiro troféu de melhor ator com ‘O Renascido’, filme que valeu também ao seu diretor Alejandro G. Iñárritu uma estatueta. DiCaprio já tinha sido nomeado várias vezes, mas ... foi desta! O melhor filme foi para ‘Spotlight’, sobre investigação jornalística verídica que revelou abusos sexuais cometidos por padres católicos nos Estados Unidos.

  1. 9. Astronautas chegam. E não é à Lua.

A chegada de astronautas foi notícia esta semana. Não porque chegaram à Lua, mas sim à Terra. E há razões para isso.Scott Kelly e Mikhail Kornienko ficaram 340 dias em órbita. Aterraram no Cazaquistão. Devem estar ainda sem os pés assentes na terra...

Mafalda de Avelar sinais globais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)