Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
2

“Uma estrela Michelin é a mesma coisa que um Óscar”, diz José Cordeiro

Chef já foi distinguido duas vezes e defende que a sua profissão existe para dar felicidade à mesa do cliente.
Daniela Polónia 8 de Julho de 2018 às 00:30
Chef José Cordeiro
Chef José Cordeiro FOTO: Jorge Miguel Gonçalves
Um bom cozinheiro rapa sempre o tacho?
Eu rapo sempre o tacho para aproveitar. Existe muita gente a morrer à fome no mundo. Devemos aproveitar sempre.

Como é que se gere a equipa da cozinha de um restaurante para que o trabalho seja rápido e eficaz?
É muito complexo. Temos de ser profissionais naquilo que fazemos a 500%.Temos de respeitar as equipas de trabalho e os nossos clientes. Tudo tem de estar pré preparado. Na minha cozinha é quase tudo feito ao momento, o que exige imenso trabalho e dedicação.

O que significam para si as duas estrelas michelin que já recebeu?
Uma estrela Michelin, para um cozinheiro, é a mesma coisa que um óscar ganho por um ator em Hollywood. Ganhei duas até agora e nunca as perdi, o que me deixa muito feliz. Qualquer cozinheiro deve ficar feliz por ganhar uma estrela Michelin. É respeito pelo nosso trabalho.

Nasceu em Angola e cresceu em Trás-os-Montes. Que influência têm estes locais na confeção dos seus pratos?
Corri bastante mundo mas, logicamente, existe uma influência forte do Norte de Portugal na minha cozinha. São os produtos da terra e a minha cozinha será sempre um produto de excelente qualidade.

Que produtos é que nunca podem faltar na sua cozinha lá de casa?
Adoro comer. Perdi 24 quilos e todos pensam que estou doente. Errado. É tudo uma questão de sermos corretos com o nosso organismo. Nunca deixei de comer nada. O azeite, o alho, o presunto, um bom enchido são obrigatórios.

Prefere pratos de cozinha criativa ou uns petiscos portugueses?
A cozinha criativa é tão boa como os pratos típicos, desde que bem confecionada. Na criação de pratos é necessário provar muita coisa antes de começar a criar e as memórias dos sabores são fundamentais.

É verdade que o cliente tem sempre razão?
O cliente deve ter sempre razão. Existimos para dar felicidade à mesa ao cliente. Nesta profissão, quem se convencer do contrário anda enganado.

Como é a experiência em programas de tv?
Gosto muito. Ainda existe muito para fazer a nível de gastronomia. Faz falta mostrar cá dentro e lá fora tudo aquilo que temos de bom em Portugal.
cozinheiro Trás-os-Montes Michelin José Cordeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)