Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais

Adalberto Estampados exporta para 40 países

Produz por ano mais de 10 mil km de tecidos de moda e do lar.
Maria João Vieira de Matos 12 de Abril de 2017 às 18:59
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
Adalberto Estampados exporta para 40 países
A Adalberto Estampados é líder europeia na arte de estampar. A empresa vende, por ano, cerca de 10 mil quilómetros de tecidos nos 5 continentes. A quantidade de tecido produzida num mês é superior à distância entre Valença e Vila Real de Santo António. O mercado português não tem dimensão para absorver a capacidade produtiva. A maioria das vendas realiza-se no mercado europeu. Os principais mercados são Espanha, França, Inglaterra e Alemanha.
Adalberto Estampados exporta para 40 países

Os produtos destinam-se a dois segmentos: moda e vestuário e têxteis lar. A principal atividade da empresa está na fase final da cadeia de valor da indústria têxtil. A Adalberto Estampados acrescenta estampados, cor, toque e suavidade aos tecidos. Mais de 90% das matérias-primas são fibras naturais, sendo a principal o algodão, mas também trabalham com linho, seda, lã e fibras sintéticas, como poliéster e poliamida, para artigos de banho e desporto.

O design têxtil é o fator crítico de sucesso. Cerca de 70% dos estampados são criados em parceria com os clientes e a restante fatia resulta de criação própria. A empresa conta com uma equipa de 15 criativos que trabalham mais de 800 matérias-primas diferentes e mais de 5 mil desenhos por ano. O nível de exigência da capacidade criativa é muito superior ao da maioria das indústrias.

A criação deixou de ter limites com o recente investimento na máquina de estamparia digital mais avançada do Mundo. Ao contrário da tecnologia convencional, o número de cores é ilimitado, a qualidade de resolução dos desenhos duplicou e a velocidade de impressão é 10 vezes superior à convencional.

Uma aposta na inovação reconhecida por grandes marcas internacionais, como a Prada, Max Mara, Alexander McQueen e Massimo Dutti, na moda e vestuário, e Tory Burch e Pili Carrera, na área de têxteis lar. No mercado ibérico, a empresa vende a marca própria Gamanatura de têxteis lar produzidos com fibras naturais 100% algodão.

Nos próximos anos, o objetivo é vender os produtos Gamanatura no resto do Mundo. A Adalberto Estampados exporta 90% das vendas para 40 países.

Crescer a dois dígitos ao ano 
Até 2020, o objetivo é aumentar as vendas em 30% mantendo a aposta em estampados inovadores. A Adalberto pretende crescer mais de 10% ao ano, aumentando as exportações nos países onde já está presente.

A internacionalização da marca Gamanatura em novos países do mercado europeu e no resto do Mundo faz parte da estratégia de crescimento. A Adalberto quer atingir um desempenho superior ao do setor têxtil no global. Nos últimos dois anos as exportações do setor têxtil português cresceram, em média, 5% por ano.

BI
Nome e fundação
Adalberto Estampados, 1970
Produto
Tecidos e malhas
Localização
Santo Tirso
Vendas (2016)
26 milhões de euros
N.º de trabalhadores
350
Exportação
90% das vendas
Principais mercados
Os principais mercados para onde a Adalberto Estampados exporta são: Espanha, França e Alemanha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)