Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
5

Bi-silque exporta 99% das vendas

Fábrica produz 45 mil quadros por dia.
Maria João Vieira de Matos 14 de Fevereiro de 2016 às 12:00
Fábrica tem cerca de 600 trabalhadores
Fábrica tem cerca de 600 trabalhadores FOTO: CMTV
A Bi-silque é um dos líderes mundiais no setor da comunicação visual. Fundada em 1979, a empresa produz quadros que facilitam a interação entre os utilizadores em ambientes corporativos e educacionais. Através das 3 marcas: Bi-office, Mastervision e Bi-bright, a empresa está presente em 82 países nos 5 continentes. Exporta 98,7% das vendas. A rede logística internacional com filiais e centros de distribuição nos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, França e Canadá garante a qualidade de serviço ao cliente.

A estratégia de diferenciação dos produtos aposta em vários segmentos, tanto para a área doméstica, corporativa, industrial e hospitalar. No total, a vasta gama de produtos inclui mais de 3 mil referências.

A flexibilidade da produção é essencial para conseguir produzir quadros tradicionais e interativos adaptados à legislação de cada mercado educacional. Enquanto os países desenvolvidos preferem quadros tecnológicos, os países emergentes optam por quadros mais básicos. Países como França, Inglaterra e Alemanha apostam na saúde. Já os países emergentes investem cada vez mais na educação. A estratégia de diferenciação permite responder à crescente procura do mercado.

A tecnologia de infravermelhos utilizada nos quadros interativos da Bi-bright é uma das mais inovadoras no setor da comunicação visual. Os quadros distinguem-se da concorrência porque desempenham tanto a função convencional como a interativa. As marcas Bi-office e Mastervision também incluem produtos inovadores para o setor da saúde, como quadros antibacterianos para hospitais, laboratórios e farmácias. Outra linha em forte crescimento nos Estados Unidos e em vários países europeus é a gama de produtos verde ‘earth-it’: produtos 100% recicláveis e produzidos apenas com materiais reciclados.


Próximos passos: aposta em quadros interativos
Em 2016, a Bi-silque tem o objetivo de aumentar as vendas em 30%, e prevê manter um crescimento de dois dígitos nos anos seguintes, principalmente em Inglaterra, Estados Unidos, França e Alemanha. A aposta na tecnologia para quadros interativos, através da marca Bi-bright, vai marcar a diferença num Mundo que é cada vez mais digital. Um exemplo é o quadro interativo da Bi-bright com um software de anotações que permite cativar a atenção dos utilizadores favorecendo a eficiência da comunicação.

BI
Nome e fundação: Bi-silque, 1979
Produto: Artigos de comunicação visual
Localização: A sede e as instalações fabris localizam-se em Esmoriz, Ovar
Vendas (2015): 50 milhões de euros
N.º de trabalhadores: 600
Exportação: 98,7% das vendas
Principais mercados: Inglaterra, França e EUA 

Discurso Direto: André Vasconcelos, Presidente 

CM - Quantos produtos lançam por ano?
André Vasconcelos – Todos os anos lançamos cerca de 100 referências e temos sempre um ou dois produtos revolucionários.

– A inovação implica investimento?
– Sim, acabámos o último ciclo de investimentos de cerca de 7 milhões de euros com a autonomização do processo produtivo. E vamos iniciar um novo ciclo de valor equivalente.

– Qual o produto mais inovador?
– O software de gestão escolar: um complemento da gama educacional que gera poupanças aos clientes.

– Os quadros ‘earth-it’ são recicláveis?
– Sim, o alumínio é 95% reciclado e também é reciclável, assim como todas as matérias-primas utilizadas são recicladas.

– Como imagina o setor dentro de 30 anos?
– Imagino uma indústria altamente tecnológica, mas com um toquezinho de produtos tradicionais. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)