Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais

Reino Unido vai reforçar sanções contra a Rússia

Regime poderá ser utilizado em caso de ataque militar da Rússia à Ucrânia.
Lusa 31 de Janeiro de 2022 às 20:35
Rússia acusa Ucrânia de ataque em posto fronteiriço
Rússia acusa Ucrânia de ataque em posto fronteiriço FOTO: Anadolu Agency
A chefe da diplomacia britânica, Liz Truss, anunciou hoje nova legislação para agravar o regime de sanções do Reino Unido que poderá ser utilizado em caso de ataque militar da Rússia à Ucrânia.

"Apresentaremos na Câmara um projeto de lei que reforçará consideravelmente a nossa posição em relação a uma ação agressiva da Rússia contra a Ucrânia", declarou a ministra dos Negócios Estrangeiros na Câmara dos Comuns, explicando que tais sanções poderão visar um número maior de pessoas e empresas, em função da sua importância para o Kremlin.

"Poderemos ter como alvo qualquer empresa ligada ao Estado russo, que exerça atividades de importância económica para o Estado russo ou opere num setor de importância estratégica para o Estado russo. Não apenas estaremos em melhores condições para atingir essas entidades, como poderemos igualmente perseguir aqueles que são seus proprietários ou as controlam", acrescentou a ministra.

Ver comentários
}