Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
9

Carências em edifícios escolares

Quando se fala tanto em inovação tecnológica nas escolas, há zonas do País onde ainda só nos limitamos a pedir um ‘cantinho’ com boas condições de aprendizagem para os nossos filhos. É o que acontece na sede de concelho de Cabeceiras de Basto. Ainda estamos na fase das infra-estruturas, e até das mais básicas. Esperamos é que se acelere cada vez mais o passo em favor do interior.

João Machado, Cabeceiras de Basto
21 de Novembro de 2008 às 00:30
Carências em edifícios escolares
Carências em edifícios escolares

RESPOSTA

A educação é de alguns anos a esta parte uma prioridade no município de Cabeceiras de Basto. Neste âmbito, a Câmara Municipal vai construir dois Centros Escolares, em Refojos e Arco de Baúlhe. O de Refojos, cuja conclusão está prevista para 2009, representa um investimentos de 3.539.482,60 euros e localiza-se numa parcela de terreno junto ao pavilhão gimnodesportivo e à piscina municipal, numa zona central desta vila cabeceirense.

Gabinete de Relações Públicas e Comunicação da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

Ver comentários