Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

Morreu o fadista Vicente da Câmara

Conhecido pelo fado "Moda das tranças pretas".
28 de Maio de 2016 às 15:27
Vicente da Câmara na gala dos prémios Amália Rodrigues
Vicente da Câmara na gala dos prémios Amália Rodrigues FOTO: Pedro Catarino
O fadista Vicente da Câmara morreu este sábado de manhã, em Lisboa, disse à Lusa o filho, José da Câmara.

Vicente da Câmara, sobrinho da fadista Maria Teresa de Noronha, tornou-se conhecido, entre outros êxitos, pelo fado "Moda das tranças pretas".

O velório do fadista realiza-se este sábado a partir das 16h00, na Igreja da Graça, onde será celebrada missa, disse a mesma fonte.

O funeral sai no domingo às 15h30 da Igreja da Graça em direção ao cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Entre outros prémios, Vicente da Câmara foi distinguido com o prémio "Amália Carreira" e tinha um percurso artístico com mais de 60 anos, que iniciou na extinta Emissora Nacional.

Marcelo destaca fado de "nobreza e fidelidade"
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, destacou hoje, em Lisboa, que o fado de Vicente da Câmara, falecido aos 88 anos, "ficará na nossa memória pela sua nobreza e fidelidade".

Na página da Presidência da República na Internet foi colocada uma mensagem de condolências à família do fadista, falecido na manhã de hoje em Lisboa.

"Poucos intérpretes souberam conjugar tão bem as raízes populares e o cunho aristocrático do fado", salienta Marcelo Rebelo de Sousa, recordando que Vicente da Câmara era sobrinho da fadista Maria Teresa de Noronha, primo e pai de fadistas.

"O seu fado, castiço, bem timbrado, ficará na nossa memória pela sua nobreza e fidelidade", destaca o Presidente da República, na mensagem.
Vicente da Câmara Lisboa Igreja da Graça
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)