Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
8

Diana Serry Cary (1919-2020)

A última atriz do cinema mudo que estava viva.
Rui Pedro Vieira 27 de Fevereiro de 2020 às 01:30
Diana Serry Cary
Diana Serry Cary FOTO: Direitos Reservados
Estreou-se na sétima arte com apenas dois anos e meio e era, até agora, a última atriz do cinema mudo ainda viva.

Entre 1921 e 1923, Diana Serry Cary participou em 150 curtas-metragens e tornou-se uma celebridade precoce, com o nome artístico de Baby Peggy.

A carreira foi curta e com dificuldades, já que os pais gastaram-lhe todo o dinheiro que recebeu com os filmes. Tornou-se depois historiadora e escritora.

Morreu aos 101 anos.
Diana Serry Cary artes cultura e entretenimento religião cultura (geral) morte
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)