Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
3

Luciano Viegas (1917-2020)

‘Chefe eterno’ deixa o posto aos 102 anos.
João Carlos Rodrigues 4 de Agosto de 2020 às 01:30
Luciano Viegas
Luciano Viegas FOTO: Direitos Reservados
Começou a combater fogos com carroças puxadas à mão a 1 de janeiro de 1945, quando os Bombeiros de Melo, em Gouveia, foram fundados.

E há vários anos que o ‘chefe eterno’ da corporação era o bombeiro mais velho do País, agora com funções de porta-estandarte e nome no topo do Quadro de Honra.

No seu centenário disse que o maior desejo era "que os Bombeiros de Melo nunca acabem". Luciano morreu esta segunda-feira aos 102 anos.
Luciano Viegas Bombeiros de Melo Gouveia questões sociais
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)